Neymar está encantado por ‘sósia’ de Bruna Marquezine, diz colunista

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Desde que assumiu em definitivo que o namoro entre Neymar e Bruna Biancardi passa por algumas turbulências. O casal tenta se manter discreto, mas os boatos de término segue em alta.

Segundo Matheus Baldi, do Itatiaia, o jogador estaria encantado por outra mulher: Brenda Pavanelli. A influenciadora é amiga de Marina Pumar, e ambas estão aproveitando férias em Paris.

Alguns seguidores compararam fotos dos Stories de Brenda e afirmaram que ela estava na casa do jogador. Eles conseguiram identificar uma cadeira igual nas fotos.

Mas outra coisa que chamou a atenção da web foi a semelhança com Bruna Marquezine. Nas redes sociais, muitos internautas apontaram que Neymar precisa “superar” a ex-namorada.

Neymar terminou o namoro com Bruna?
Ainda não há detalhes sobre um possível término entre Neymar e Bruna. O fato é que a influenciadora viajou para Jericoacoara, no Ceará, na companhia de uma amiga.

Ela prefere manter a vida de forma discreta, e não costuma comentar sobre o assunto. Neymar também evita falar sobre a vida amorosa, principalmente agora que está vivendo uma fase boa no Paris Saint-Germain.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Bolsonaro pode ser preso se incitar crime durante ato no domingo na avenida Paulista

(FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) pode ser preso se fizer apologia ou incitação ao crime durante manifestação convocada por ele na avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (25), afirmam especialistas. Os profissionais, entretanto, divergem sobre se a mera convocação do ato já poderia ensejar uma prisão preventiva, uma vez que o ex-presidente é investigado

Lula escolhe novo juiz, e TRE-PR deve marcar data do julgamento de Moro

(FOLHAPRESS) - O presidente Lula (PT) escolheu o advogado José Rodrigo Sade para a cadeira de juiz do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Paraná, corte que julgará o senador Sergio Moro (União Brasil) em um processo com pedido de cassação movido pelo PT e pelo PL. A nomeação de Sade, que figurava em uma lista

STF vê ‘omissão’ e torna réus oficiais da antiga cúpula da PM do DF

O Supremo Tribunal Federal colocou no banco dos réus sete oficiais da antiga cúpula da Polícia Militar do Distrito Federal acusados pela Procuradoria-Geral da República de omissão ante os atos golpistas de 8 de janeiro. Para a PGR, a conduta dos agentes favoreceu a invasão e a depredação dos prédios dos três Poderes em Brasília.