TAGS

Idoso: prazo para complementar documentação no transporte termina hoje

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Termina nesta sexta-feira (16) o prazo para estados, municípios e Distrito Federal complementarem a documentação para a solicitação de recursos do Auxílio Emergencial à Gratuidade das Pessoas Idosas no Transporte Público Coletivo Urbano. A conferência da documentação deve ser feita na Plataforma +Brasil. O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) recebeu 797 propostas para a solicitação desses recursos: 777 foram enviadas por prefeituras, 19 por governos estaduais e um pelo governo do Distrito Federal.ebcebc

Serão destinados ao auxílio R$ 2,5 bilhões em recursos da União. A verba servirá, exclusivamente, para o custeio da gratuidade de maiores de 65 anos em sistemas regulares de transporte público coletivo urbano, semi urbano ou metropolitano. A ação foi instituída por meio da Emenda Constitucional nº 123/2022.

�??O setor de transporte público foi um dos mais afetados da economia em decorrência da pandemia do coronavírus, em razão da diminuição de circulação de pessoas nas cidades. Agora, temos esse auxílio que vai ajudar estados e municípios a enfrentarem essa redução�?�, justificou o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira.

A execução dos recursos será descentralizada, por meio de transferências da União a órgãos vinculados, municípios, estados e ao Distrito Federal. Os entes federativos serão responsáveis pelo uso e distribuição dos recursos aos prestadores de serviços, observando o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos.

Repasse

O repasse de recursos aos entes federativos começará no dia 30 de setembro. A data-limite de transferências do auxílio pela União é 31 de dezembro deste ano. Todas as movimentações de saídas de valores serão classificadas e identificadas e ficarão disponíveis para acompanhamento, prestação de contas e fiscalização.

Segundo o MDR, nos casos em que houver sobras de recursos, eles serão devolvidos à Conta �?nica do Tesouro Nacional por meio da emissão e pagamento de Guia de Recolhimento da União eletrônica.

�??Os recursos aplicados em desconformidade com as regras estipuladas pelo Auxílio Emergencial à Gratuidade das Pessoas Idosas no Transporte Público Coletivo Urbano serão restituídos à Conta �?nica do Tesouro Nacional, atualizados. O cálculo será feito com base na variação da Taxa Referencial da Selic, acumulada mensalmente, até o último dia do mês anterior ao da devolução dos recursos �?? também será acrescido 1% de juros no mês da devolução�?� acrescentou a pasta.

Formas de repasse

O repasse dos recursos será feito pela União aos entes federativos de forma proporcional à população maior de 65 anos residente no Distrito Federal e nos municípios brasileiros que têm serviço de transporte intramunicipal regular em operação. O cálculo da quantidade de pessoas nesta faixa etária será feito com base na estimativa mais atualizada publicada pelo Departamento de Informática do Sistema �?nico de Saúde (DataSUS) a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Chefe da diplomacia da UE diz esperar proposta de países árabes para cessar-fogo em Gaza

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O chefe da diplomacia da União Europeia, Josep Borell, afirmou nesta quinta-feira (22) esperar uma proposta de países árabes para um cessar-fogo na guerra Israel-Hamas. Ele afirma que representantes dessas nações estão negociando os termos da proposta de forma antecipada com os Estados Unidos para que não haja um

Índia proíbe venda de algodão doce por possuir substância cancerígena

Alguns estados da Índia estão proibindo a venda de algodão doce. O motivo? Um estudo concluiu que o produto possui uma substância cancerígena, a Rodamina-B. No início deste mês, o território da união de Puducherry proibiu a venda do doce, enquanto outros estados começaram a testar amostras do mesmo. Na semana passada, foi a vez

Navio bate, derruba ponte e mata ao menos 5 na China

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cinco pessoas morreram após a colisão de uma embarcação com uma ponte na região de Guangzhou, no sul da China. Parte da estrutura colapsou, e veículos que transitavam caíram na água, segundo autoridades. O navio porta-contêineres navegava entre as cidades de Foshan e Guangzhou e bateu na ponte Lixinsha às