Lula promete Forças Armadas �??mais dignas�?? em eventual terceiro mandato

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de uma reunião com representantes de cooperativas em São Paulo nesta quarta-feira, 14, e prometeu que em um eventual terceiro mandato fará com que as Forças Armadas atuem de maneira �??mais digna�?�. A fala do petista ocorreu junto a uma promessa de recriação do Ministério da Segurança Pública, já que a pasta teria uma atuação mais contundente no combate ao narcotráfico e de vigilância nas fronteiras brasileiras. �??Vamos recriar o Ministério da Segurança Pública para controlar corretamente o narcotráfico, o tráfico de armas, controlar quase 17 milhões de quilômetros de fronteiras secas e quase 8 milhões [de quilômetros] de fronteiras marítimas, além de controlar nosso terreno. E aí, possivelmente, a gente vai ocupar nossas Forças Armadas com coisas mais dignas, com coisas mais sérias e com coisas mais necessárias ao povo brasileiro�?�, afirmou. Existente no governo de Michel Temer, o Ministério da Segurança Pública foi incorporado ao Ministério da Justiça durante a gestão Bolsonaro. Além da pasta, outras como o da Pequena e Média Empresa, o da Cultura e o dos Povos Originários estão nos planos do petista. �??Vai exigir que toda vez que você pense em economia e geração de emprego e crescimento econômico, você pense na questão climática porque, se não pensar, você está contribuindo para destruir ambiente em que você vive�?�, ressaltou o candidato após defender a ampliação de investimentos na Amazônia.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

PF mira trama golpista em depoimento conjunto de Bolsonaro e outros 22

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (22) à Polícia Federal sobre os planos discutidos no fim de 2022 para um golpe de Estado contra a eleição de Lula (PT) à Presidência da República. O depoimento foi marcado para iniciar às 14h30. Ex-ministros, ex-assessores, militares e aliados

Bolsonaro pode ser preso se incitar crime durante ato no domingo na avenida Paulista

(FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) pode ser preso se fizer apologia ou incitação ao crime durante manifestação convocada por ele na avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (25), afirmam especialistas. Os profissionais, entretanto, divergem sobre se a mera convocação do ato já poderia ensejar uma prisão preventiva, uma vez que o ex-presidente é investigado

Lula escolhe novo juiz, e TRE-PR deve marcar data do julgamento de Moro

(FOLHAPRESS) - O presidente Lula (PT) escolheu o advogado José Rodrigo Sade para a cadeira de juiz do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Paraná, corte que julgará o senador Sergio Moro (União Brasil) em um processo com pedido de cassação movido pelo PT e pelo PL. A nomeação de Sade, que figurava em uma lista