Samuel Rosa declara voto em Lula: ‘Convicções políticas e humanas’

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto
A cinco dias das eleições, o cantor mineiro Samuel Rosa, vocalista da banda Skank, declarou voto em Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo ele, o voto no petista já em 1° turno reforça suas �??convicções políticas e humanas�?�. Além dele, outros artistas também se unem em campanha para o “voto útil” no candidato do Partido dos Trabalhadores.
�??Eu tô com o Brasil, estou com a democracia. Votarei com responsabilidade e segundo minhas convicções políticas e humanas. Vou de @lulaoficial�?�, apontou .
Esta não é a primeira vez que Samuel Rosa se posiciona politicamente. Durante o programa Provocações, de Marcelo Tas, na TV Cultura, o cantor fez duras críticas ao governo Bolsonaro. �??O que suscita esse governo agora, é muito perigoso. Talvez nem eles tenha a noção disso. �? a questão do totalitarismo mesmo�?�, disse.
 

Leia: Eleições 2022: veja o que pode ou não no dia da votação

 

Leia: Eleições 2022: o que muda com a nova urna eletrônica?  
Ele explicou: �??Da violência, da força bruta, é tudo isso que a gente já viveu e eu esperava ter aprendido muito com essa história, esperava que o povo brasileiro tivesse aprendido�?�.
  • Veja artistas que apoiam Ciro mesmo com campanha por voto útil 

Artistas se juntam pelo voto útil

Além de Samuel, vários representantes da cultura brasileira estão em campanha pelo voto útil em Lula para o petista vencer no 1° turno das eleições. Em conversa com o Estado de Minas, artistas como Danilo Mesquita, Mônica Martelli, Daniela Mercury e Paulo Vieira afirmaram que é possível vencer o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) no dia 2 de outubro.  
 
 
 
 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Bolsonaro chega acuado a ato e busca demonstrar força política contra investigações

MARIANNA HOLANDA E GABRIELA BILÓBRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) aposta mais uma vez numa manifestação na avenida Paulista, em São Paulo, para tentar demonstrar seu capital político. Neste domingo (25), o ex-presidente tem como principal objetivo apresentar um retrato de que mantém apoio popular e, dessa forma, reagir ao avanço das investigações sobre

Influenciador português que entrevistou Bolsonaro diz ter sido detido pela PF no Brasil

O influenciador português Sérgio Tavares, que recentemente entrevistou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em uma live em seu canal no YouTube, postou um vídeo em seu perfil no X (antigo Twitter) em que diz ter sido detido pela Polícia Federal (PF) no Aeroporto de Guarulhos (GRU) ao desembarcar no Brasil, na manhã deste domingo, 25.

Em último ato na Paulista, Bolsonaro chamou Moraes de canalha e atacou urnas e o STF

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deve discursar na tarde deste domingo, 25, em um ato convocado após ele se tornar alvo de investigação sobre tentativa de golpe de Estado. A manifestação vai ocorrer na Avenida Paulista, em São Paulo, uma via pública conhecida como palco de atos políticos - e não será a primeira vez