Vídeo: Joaquim Barbosa declara voto em Lula no 1º turno

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O PT divulgará nesta terça-feira (27/9) o vídeo em que o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa declara voto no ex-presidente Lula no primeiro turno das eleições deste ano.

Na gravação, obtida pela coluna, Barbosa diz ter confiança no sistema eleitoral brasileiro.

No vídeo, o ex-ministro do STF também critica Jair Bolsonaro. Barbosa afirma que o atual presidente �??não é um homem sério�?�, �??não está à altura�?� e �??não tem dignidade�?� para ocupar o cargo.

Joaquim Barbosa declara voto em Lula no 1º turno.

Mais informações em instantes na coluna de @igorgadelham pic.twitter.com/VCmNb0CPvy

�?? Metrópoles (@Metropoles) September 27, 2022

Como a coluna antecipou nessa segunda-feira (26/9), Barbosa gravou a declaração de apoio de Paris, onde passa uma temporada. Ao todo, o ex-ministro enviou 12 pequenos vídeos que foram reunidos.

As gravações foram enviadas para o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa de Lula. Elas passaram por edição pelo marketing da campanha de Lula, que as reuniu em um só material.

Onda de apoios A declaração de apoio de Joaquim Barbosa foi articulada por integrantes do Prerrogativas, grupo de advogados progressistas que apoia a eleição de Lula, com apoio de Alckmin.

Foram os integrantes do Prerrogativas que intermediaram o contato entre Alckmin e Barbosa na sexta-feira (23/9), quando o ex-governador ligou para o ex-ministro do STF para pedir o apoio.

A declaração de Barbosa vem na esteira de uma série de apoios a Lula que o grupo vem articulando nos últimos dias, no esforço de tentar viabilizar a vitória do petista já no primeiro turno.

O post Vídeo: Joaquim Barbosa declara voto em Lula no 1º turno apareceu primeiro em Metrópoles.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Bolsonaro pode ser preso se incitar crime durante ato no domingo na avenida Paulista

(FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) pode ser preso se fizer apologia ou incitação ao crime durante manifestação convocada por ele na avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (25), afirmam especialistas. Os profissionais, entretanto, divergem sobre se a mera convocação do ato já poderia ensejar uma prisão preventiva, uma vez que o ex-presidente é investigado

Lula escolhe novo juiz, e TRE-PR deve marcar data do julgamento de Moro

(FOLHAPRESS) - O presidente Lula (PT) escolheu o advogado José Rodrigo Sade para a cadeira de juiz do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Paraná, corte que julgará o senador Sergio Moro (União Brasil) em um processo com pedido de cassação movido pelo PT e pelo PL. A nomeação de Sade, que figurava em uma lista

STF vê ‘omissão’ e torna réus oficiais da antiga cúpula da PM do DF

O Supremo Tribunal Federal colocou no banco dos réus sete oficiais da antiga cúpula da Polícia Militar do Distrito Federal acusados pela Procuradoria-Geral da República de omissão ante os atos golpistas de 8 de janeiro. Para a PGR, a conduta dos agentes favoreceu a invasão e a depredação dos prédios dos três Poderes em Brasília.