Após encontro, Alckmin diz que Bolsonaro reafirmou apoio à transição

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto
Em entrevista à imprensa no Tribunal de Contas da União (TCU), após reunião com o comitê que acompanha a transição de governo, o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), designado como coordenador do governo de transição, comentou sobre o encontro que teve com o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL) nesta quinta-feira (03/11), no Palácio do Planalto.
“Foi positivo. O presidente convidou para que fosse até lá ao seu gabinete”, disse Alckmin. “Nós estávamos saindo já. E reiterou o que disse o ministro Ciro Nogueira e o ministro general Ramos, da disposição do governo federal de prestar todas as informações, colaborações, para que se tenha aí uma transição pautada pelo interesse público”, detalhou.
Ao ser questionado sobre o teor da conversa, Alckmin disse que “o presidente fala depois”, mas resumiu que foi para “reiterar os compromissos em relação à transição. Pautada na transparência, na continuidade dos trabalhos, no planejamento, na previsibilidade”, disse.
O vice-presidente eleito realizou nesta quinta-feira uma série de reuniões para viabilizar o governo de transição. No fim da tarde, esteve reunido com diversas autoridades e membros do comitê do TCU. Alckmin disse que foi uma reunião proveitosa. “O TCU tem papel importante nessa transição. Poucas instituições locais têm tantas informações de qualidade como o Tribunal de Contas da União”, concluiu.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

PL suspende salários de Braga Netto e de ex-assessor de Bolsonaro após operação da PF

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, suspendeu nesta semana os salários de Walter Braga Netto, ex-vice na chapa de Jair Bolsonaro, e Marcelo Câmara de cargos no partido, em meio às investigações da PF (Polícia Federal) sobre tentativa de golpe. Braga Netto era, até então, secretário nacional de relações institucionais

Tarcísio elogia Justiça Eleitoral ao lado de Moraes às vésperas de ato de Bolsonaro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Às vésperas de participar de ato com Jair Bolsonaro (PL) na avenida Paulista, Tarcísio de Freitas (Republicanos) elogiou nesta sexta-feira (23) a Justiça Eleitoral em evento com presença do presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes. A fala aconteceu durante posse dos novos presidente e vice-presidente do TRE-SP

‘Pinóquio do século’: ministro de Lula ironiza data de julgamento que pode cassar Moro

O ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, ironizou a data do julgamento que pode cassar e tornar inelegível por oito anos o senador Sergio Moro (União Brasil-PR), ex-juiz da Operação Lava Jato. Após a nomeação do advogado José Rodrigo Sade para a vaga remanescente no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), o