Frota sobre Bolsonaro: ‘Ajudei a colocar, ajudei a tirar. Dever cumprido’

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos
O deputado federal Alexandre Frota (Pros), afirmou, via redes sociais, que se sente com o “dever cumprido” após ter “ajudado a tirar” o presidente Jair Bolsonaro (PL) do poder. Ex-integrante da base bolsonarista, ele dedicou suas redes e sua campanha à Assembleia Legislativa de São Paul, para criticar o então presidente e exaltar feitos do mandatário eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O congressista ressaltou que o seu “trabalho” se encerrou com o fim do segundo turno e que não carrega mais o “fantasma” de ter ajudado a eleger Bolsonaro em 2018.

“Da minha parte, encerro por aqui, dever cumprido. Eu prometi que iria trabalhar até tirar o Bolsonaro. Eu ajudei a colocar e eu ajudei a tirá-lo. Não carrego mais este fantasma comigo. Agora vou tocar a minha vida. Obrigado de coração”, disse.

Em entrevista ao Estado de Minas no fim de setembro, Frota já havia esclarecido suas críticas em relação a Bolsonaro e ao governo. Ele relatou o quanto foi perseguido por ter “abandonado” o bolsonarismo e afirmou que liderou o processo que fez antigos políticos da base do atual presidente “largarem” o polo político.

Leia mais: Simone Tebet recebe ameaças e pede segurança reforçada no Senado
“Me desliguei do bolsonarismo em maio de 2019. Fui o primeiro, quando Bolsonaro ainda tinha 60% de aprovação. Tive muita coragem. Sofri diversas perseguições, foi muito difícil. Mas não me arrependo em nenhum momento. E, hoje, as pesquisas e as pessoas mostraram o quanto eu estava certo lá trás. Eu já venho liderando esse processo há muito tempo. Passei esses últimos anos como opositor de Bolsonaro”, lembrou. 
“Para mim, ele é um cara falso, traidor, não cumpre as promessas, mente o tempo todo, é dissimulado, arrogante, hipócrita, falso moralista, falso conservador, trai a nação e é um verdadeiro charlatão político”, completou.

Em 2022, Alexandre Frota abriu mão de tentar a reeleição na Câmara e se candidatou a deputado estadual por São Paulo pelo PSDB. Ele recebeu 24.224 votos e não foi eleito para a Assembleia Legislativa. O ator fez parte da lista de ex-bolsonaristas derrotados nas urnas deste ano.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Bolsonaro chega acuado a ato e busca demonstrar força política contra investigações

MARIANNA HOLANDA E GABRIELA BILÓBRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) aposta mais uma vez numa manifestação na avenida Paulista, em São Paulo, para tentar demonstrar seu capital político. Neste domingo (25), o ex-presidente tem como principal objetivo apresentar um retrato de que mantém apoio popular e, dessa forma, reagir ao avanço das investigações sobre

Influenciador português que entrevistou Bolsonaro diz ter sido detido pela PF no Brasil

O influenciador português Sérgio Tavares, que recentemente entrevistou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em uma live em seu canal no YouTube, postou um vídeo em seu perfil no X (antigo Twitter) em que diz ter sido detido pela Polícia Federal (PF) no Aeroporto de Guarulhos (GRU) ao desembarcar no Brasil, na manhã deste domingo, 25.

Em último ato na Paulista, Bolsonaro chamou Moraes de canalha e atacou urnas e o STF

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deve discursar na tarde deste domingo, 25, em um ato convocado após ele se tornar alvo de investigação sobre tentativa de golpe de Estado. A manifestação vai ocorrer na Avenida Paulista, em São Paulo, uma via pública conhecida como palco de atos políticos - e não será a primeira vez