Haddad se reúne com Guedes: “Foi uma conversa excelente, muito cordial”

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos
O mais cotado para assumir a pasta da Fazenda no próximo governo, o ex-ministro Fernando Haddad se encontrou nesta quinta-feira (8/12) com o atual ministro da Economia, Paulo Guedes. Para Haddad, o encontro foi de alto nível, “Foi uma excelente conversa, muito cordial, muito educada, muito transparente” disse aos jornalistas ao voltar da reunião com Guedes para o hotel em Brasília onde está hospedado o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e diversos membros da cúpula petista.
Integrante do grupo técnico da transição na área econômica, Haddad disse ser responsável pela articulação política entre as duas equipes “Eu estou fazendo toda a interface política do GT com a equipe do ministro Paulo Guedes”, contou. Na avaliação do petista, é fundamental para a equipe do novo governo Lula construir uma “matriz de riscos” dos serviços essenciais ameaçados a partir do próximo ano. “Foi uma conversa foi muito importante, com esse tipo de conversa você garante que muitos projetos importantes tenham continuidade”, afirmou Haddad.

Leia mais: Dono do BTG tenta reduzir resistência do mercado a Haddad na Fazenda 

O ex-ministro da Educação ressaltou a importância de se manter um diálogo com o governo que está próximo de concluir o mandato. “A gente quer que a transição seja o mais suave possível” apontou Haddad. Ele disse que, após essa reunião com Guedes, o grupo de transição deve realizar novas conversas com a pasta até a próxima terça-feira. Estão previstos encontro com as secretarias do ministério, como a Secretaria do Tesouro, e a Receita. Segundo Haddad, será uma oportunidade de detalhar melhor os riscos para a política econômica.

Leia mais: Para ter arcabouço fiscal precisamos da reforma tributária, diz Haddad 
O tratamento “cordial” entre Haddad e Guedes destoa do tom grosseiro adotado pelo ministro de Bolsonaro recentemente. Em novembro, na primeira declaração após a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva, Guedes criticou o andamento das negociações para a PEC. “Já ganhou a eleição? Cala a boca, vai trabalhar, vai construir um negócio melhor”, disse.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Flávio Dino toma posse como ministro do STF ao lado de Lula

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em cerimônia com a presença do presidente Lula (PT), o ex-ministro da Justiça Flávio Dino tomou posse nesta quinta-feira (22) como novo integrante do STF (Supremo Tribunal Federal), na vaga deixada pela ministra aposentada Rosa Weber. O decano da corte, Gilmar Mendes, e o último a ser empossado, Cristiano Zanin, acompanharam

Barroso: Dino é exemplo de pessoa capaz de diálogo

O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que o ministro Flávio Dino, empossado hoje na Corte, é "exemplo de uma pessoa capaz de diálogo, preparada e bem-humorada". Ele falou com jornalistas após a cerimônia de posse. Barroso ainda disse acreditar que o Brasil está caminhando para a "recuperação da civilidade

Valdemar e Torres destoam de Bolsonaro e militares e falam à PF sobre trama golpista

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e o ex-ministro da Justiça Anderson Torres destoaram de outros aliados de Jair Bolsonaro (PL) e responderam às perguntas da Polícia Federal durante depoimento nesta quinta-feira (22) referente às investigações sobre os planos discutidos no fim de 2022 para um golpe de Estado contra