Filho de Pelé, Edinho pede demissão do Londrina e é recontratado 9 horas depois

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Mais tranquilo, foi demovido da ideia pela diretoria e anunciou o ‘fico’ através das redes sociais

Reprodução/Instagram/@01edinho

Edinho é o atual técnico do Londrina

Edinho é o atual técnico do Londrina

O técnico Edinho, ex-goleiro e filho de Pelé, passou por uma situação inusitada. O treinador de 52 anos pediu demissão do Londrina logo após o empate por 1 a 1 com o Rio Branco, nesta quinta-feira, 2, pelo Campeonato Paranaense. No entanto, ele acabou sendo recontratado apenas nove horas depois. O anúncio do “fico” aconteceu por meio das redes sociais. “Nada como um dia após o outro! Após reunião com a diretoria, continuo no processo e sigo no comando técnico do nosso Tubarão. Nunca desisti de nada na minha vida e não vai ser agora a primeira vez! Quero agradecer, do fundo do coração, as mensagens de apoio e solidariedade da minha última postagem. Fiquei emocionado. Confesso que é uma situação inusitada que eu estou vivendo, mas, com toda energia positiva que recebi, tenho fé e a certeza que devo aceitar a proposta de continuar e concluir esse ciclo da melhor forma, sempre em busca das vitórias! Pra cima, Tubarão”, escreveu Edinho em sua conta no Instagram.

Curiosamente, também foi por meio das redes sociais que ele anunciou a sua despedida do Londrina horas antes – sem ao menos comunicar o clube sobre a sua decisão. Descontente com o resultado e a atuação do Londrina, ele nem mesmo chegou a participar da entrevista coletiva e se despediu dos jogadores no vestiário. Mais tranquilo, foi demovido da ideia pela diretoria. “Eterna gratidão por todos que me apoiaram, acreditaram e confiaram em mim ao longo dessa jornada, nesse ‘Gigante do Interior’. Deixo, com muito orgulho, um grupo de jovens talentos que representam um grande potencial de retorno econômico para o clube, e um legado de grandeza e profissionalismo que esse clube e o seu torcedor, tanto merece. Infelizmente, não vou continuar para estar presente na colheita desses frutos, mas, tenho a certeza do valor da minha contribuição para o processo que idealizei e implementei no dia-dia (sic)! Muito obrigado a todos, mais uma vez”, publicou Edinho, na mensagem já apagada.

Depois de trabalhar dois anos no sub-20 do Londrina, Edinho assumiu o comando do time principal na virada do ano, projetando a preparação para 2023. O time, que está na segunda divisão do futebol brasileiro, é o sétimo colocado no Estadual, com uma vitória, três empates e duas derrotas. Logo no início de seu trabalho na equipe principal, Edinho precisou se ausentar da pré-temporada para visitar o pai no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde passou os seus últimos momentos com Pelé. O Rei do Futebol morreu no dia 29 de dezembro, vítima de complicações causadas por um tumor no cólon.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

É o Tchan e Rafa e Pipo se apresentam na Micareta de Feira; Veja fotos

O grupo É O Tchan e a dupla Rafa e Pipo já começaram seu desfile na Micareta de Feira de Santana. Além deles, ainda se apresentam Léo Santana, Adelmario Coelho, Escandurras, Edcity, entre outros.       Os circuitos reúnem programações para toda a família, incluindo os pets. Saiba as atrações que animarão os Circuitos

Blocos Afro se apresentam no último dia de Micareta de Feira

O último dia de Micareta de Feira começou movimentado no Circuito Maneca Ferreira. Além de diversas atrações para o público infantil, os Blocos Afro encheram o trajeto de beleza e resistência.       Tradicional no Carnaval de Salvador, o bloco Muzenza já começou seu desfile. O bloco Tambores Urbanos e Agro Pop também já começaram

Micareta de Feira não registra crime grave em três dias de festa e apresenta reduções dos índices, confirma SSP

Nenhum crime grave contra a vida foi registrado na Micareta de Feira de Santana, até a madrugada deste domingo (21), quando foi encerrada a terceira noite do evento - é o que confirma a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). A festa conta com esquema especial de policiamento com 9,5 mil policiais e bombeiros