TAGS

Brasil registra 822 mil casos de estupro por ano, aponta Ipea

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Levantamento mostra ainda que apenas 8,5% dos casos são conhecidos pela polícia, enquanto outros 4,2% são identificados no SUS

Divulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro

Polícia Civil Rio de Janeiro RJ

Apenas uma pequena parcela dos casos é relatada às autoridades

A cada ano, o Brasil vem registrando um número absurdo de casos de estupro por ano: 822 mil. Isso equivale a 2 registros por minuto. Os dados foram divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Segundo o órgão desse total, apenas 8,5% chegam ao conhecimento da polícia, e apenas 4,2% são identificados pelo sistema de saúde. Ou seja, muitas mulheres não tomam coragem de denunciar o praticante do abuso sexual por terem medo da exposição, traumas, decepções e apostam na impunidade. O quadro é grave, segundo o estudo do Ipea. A violência sexual causa às mulheres depressão, ansiedade, distúrbios alimentares, sexuais e de humor, alteração na qualidade do sono, além de ser um fator de risco para comportamento suicida. A pesquisa se baseou na Peqsuisa Nacional de Sáude, do IBGE, e em informações no sistema de agravo de notificações, o Sinam, do Ministério da Saúde, tendo como base o ano de 2019. O levantamento apontou que a maior quantidade de caso de estupro acontece entre jovens, com pico de 13 anos de idade. Os autores geralmente são conhecidos da vítima, sendo amigos, parceiros, ex-companheiros e pessoas próximas. “Nós chegamos à conclusão de que o Estado brasileiro conhece uma menor parte desses casos de estupro. Para se ter uma ideia, a polícia conhece cerca de 8,5% dos casos de estupro. O SUS conhece 4,2% dos casos. É uma barbárie que passa embaixo da linha da água e que o próprio Estado não conhece e, sem conhecer, não propõe políticas públicas para mitigar o problema”, diz Daniel Cerqueira, pesquisador do Ipea.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Patric Calmon se recupera de lesão e fica à disposição contra o Atlético de Alagoinhas

Após o empate por 1 a 1 com o Náutico, na última quarta-feira (21), o elenco do Vitória se reapresentou nesta quinta-feira (22) visando a partida contra o Atlético de Alagoinhas, no próximo domingo (25), às 18h30, no Barradão, pela 8ª e penúltima rodada da 1ª fase do Campeonato Baiano. A grande novidade da atividade

Novos integrantes do Conselho Municipal de Tributos de Salvador tomam posse nesta quinta

    Os novos membros do Conselho Municipal de Tributos (CMT), vinculado à Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), foram empossados nesta quinta-feira (22) para o exercício de 2024. A cerimônia foi realizada no auditório do edifício-sede da Sefaz, no Centro.   Criado pela Lei 8.421, de 15 de julho de 2013, o CMT é composto

Alan Sanches permanece como líder da bancada da oposição na AL-BA

  A liderança da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) continuará sob a responsabilidade do deputado estadual Alan Sanches (União) em 2024. A decisão foi selada por aclamação em reunião do grupo nesta quarta-feira (21).    "Vamos continuar com a nossa posição firme cobrando aquilo que a gente defende que é o melhor para