Estudante maranhense busca apoio para treinamento de astronauta nos EUA

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos
Ivna Lohana, natural de Timon, no Maranhão, é uma estudante que já deixou sua marca no mundo da astronomia ao identificar novos asteroides e galáxias. Agora, ela busca apoio para realizar o sonho de participar de um treinamento de astronauta nos Estados Unidos.
Aos 20 anos, Ivna cursa Licenciatura em Biologia e, simultaneamente, se aprofunda nos estudos relacionados à Astronomia. Suas descobertas incluem cinco galáxias inéditas e diversos asteroides, o que lhe rendeu prêmios na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e a aprovação no L’SPACE Academy, da NASA.

Leia também: Estudante mineira quer fazer história na Nasa: ‘Quero ser a primeira’

Ela participou do programa ‘Galaxy Cruise’, do Observatório Astronômico Nacional do Japão, que transmite imagens do espaço através de uma câmera localizada no Observatório de Mauna Kea, Havaí. Ivna também ingressou no programa de monitoramento da NASA chamado ‘Caça-Asteroides’, onde lidera a equipe Murphy, nomeada em homenagem à filha do protagonista do filme ‘Interestelar’.
A dedicação de Ivna à descoberta de corpos celestes proporcionou a oportunidade de realizar um treinamento como astronauta, que inclui ensinar técnicas sobre hardware espacial, atividades aquáticas educacionais e missões espaciais. Profissionais do Space, incluindo astronautas, engenheiros, cientistas e tecnólogos da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço e da Agência Espacial Europeia, também estão envolvidos neste treinamento.
Para arcar com os custos de hospedagem, transporte, alimentação e outras despesas, Ivna estima que precisará de cerca de R$ 9 mil. Por não ter renda, ela criou uma vaquinha online para angariar os recursos necessários. ‘Fui agraciada com uma bolsa de estudo espacial do programa, para a expedição de 2026’, conta a estudante.
Desde a infância, Ivna é fascinada pela astronomia e, ao concluir sua graduação em Biologia, pretende se especializar em Astrobiologia e Genética, com o objetivo de contribuir para avanços no tratamento do câncer, doença que vitimou sua avó paterna.
Ela planeja nomear sua primeira descoberta de asteroide como ‘Luma’, em homenagem às iniciais de suas avós falecidas, Luiza Monteiro e Rosa Maria. Ivna acredita que, com dedicação e amor pela ciência, pode fazer a diferença e realizar seus sonhos.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Vídeo: Caio Fábio já alertou sobre Elon Musk: “O pior inimigo da humanidade”

Em uma entrevista exclusiva concedida ao Fuxico Gospel, o reverendo Caio Fábio já havia alertado sobre os perigos que, em sua visão, são representados pelo bilionário Elon Musk. Caio, conhecido por sua influência e posicionamentos fortes, foi muito duro ao falar sobre o empresário por trás da SpaceX e da Tesla. “Com tanto dinheiro que

Vídeo da NASA mostra os 72 voos do helicóptero Ingenuity em Marte

A NASA compartilhou um vídeo mostrando os trajetos percorridos pelo helicóptero Ingenuity em Marte desde abril de 2021, quando ocorreu o voo inaugural da aeronave. Ao todo, foram realizados 72 voos do Ingenuity, muito mais do que os cinco originalmente planejados pela agência espacial norte-americana. Infelizmente, em janeiro deste ano, um pequeno acidente danificou o

Produtora de ‘Baldur’s Gate’ já trabalha em dois novos jogos

A Larian Studios, desenvolvedora de Baldur's Gate III, voltou a afirmar que não estará envolvida no futuro da série Baldur's Gate. Em uma atualização recente na página da Steam do estúdio, a Larian deixou claro que não haverá novas histórias, personagens ou expansões para Baldur's Gate III, e que também não haverá um Baldur's Gate