TAGS

Ex-vendedor de caixa de fósforos, empresário conta segredo de sucesso em livro

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Luiz Mendonça lançou livro que conta a trajetória de empreendedorismo, que começou na infância

A trajetória empreendedora de Luiz Mendonça começou quando ele tinha apenas  nove anos e decidiu vender caixas de fósforos, na Feira de Água de Meninos,  para ajudar  em casa. Mais tarde, partiu para transformar uma empresa de táxi num grande conglomerado composto Concessionárias Bravo Caminhões e Ônibus; AuraBrasil Máquinas e Equipamentos e Santo Antônio Patrimonial, e um dos mais importantes do país. 

Nessa quinta-feira, 15, o empresário decidiu detalhar a própria história com o lançamento do livro  ‘Sim, você também pode!’,  realizado na Associação Comercial da Bahia, no Comércio.  

csm ACM jr 42a3b69240

O conselheiro da Rede Bahia Antonio Carlos Júnior prestigiou o lançamento da obra do empresário baiano (Fotos: Paula Fróes/CORREIO)

A publicação teve o apoio do escritor Joaci Góes, membro efetivo da Academia de Letras e Artes de Salvador e membro da Academia Baiana de Educação, e prefácio assinado pelo presidente do Conselho do CORREIO e Conselheiro da Rede Bahia, Antonio Carlos Júnior. 

“Luiz Mendonça mostrou uma capacidade de empreender enorme, cresceu muito na carreira empresarial. Veio de baixo e, hoje, é um grande empresário da Bahia. Essa história merecia ser contada e eu, com muita satisfação, fiz o prefácio. É uma satisfação para nós todos, baianos, ter uma figura do porte de Luiz Mendonça”, disse Antonio Carlos Júnior, durante cerimônia de lançamento. 
 

Os desafios enfrentados pelo empresário e escritor foram muitos, inclusive, dentro de casa, com o pai que, no início, não recebeu bem a ideia de empreendedorismo. Afinal, mercar algo tão simples parecia desviar o jovem do propósito idealizado por ele, quando deixou o município de Cairu, no Baixo Sul da Bahia, para conseguir educar os cinco filhos com melhores condições na capital baiana. 

O Correio conversou com exclusividade com o autor. Confira:

Quem é?

csm Sim vc pode 30533f019f
Fundador do Grupo LM estabeleceu uma marca pessoal de inovação frente aos negócios e dividiu a experiência com o público leitor 

Luiz Mendonça Fundador do Grupo LM, Luiz Mendonça Filho é o responsável por uma das quatro maiores empresas do segmento no Brasil. Como empresário, conseguiu implementar  algumas das maiores inovações no setor de transportes baiano, dedicada ao transporte de pessoal. Desde a década de 1970, atua na terceirização de frota, comercialização de veículos pesados e locação de máquinas.

Qual é o segredo para transformar um negócio tão básico e simples, como a venda de caixa de fósforos, em  um sucesso de maior proporção?

A vontade. Em mim, havia  uma vontade férrea de sair  e retirar minha família da pobreza, somente isso. Foi isso que me fez sair, vender caixa de fósforo, depois fazer um galinheiro no quintal, que eu chamava de granja, depois comprar uma bicicleta usada, porque meu pai nunca pôde me dar nem um velocípede, nem uma bicicleta. Em seguida, eu disse que teria uma bicicleta usada, que ainda assim era muito luxo. Logo em seguida, passei a alugar a bicicleta e aí comprei várias bicicletas, fiquei alugando bicicleta e, com isso, eu fiz minha primeira empresa. Com dezoito anos, eu montei uma empresa de táxi e,daí, quando a frota alcançou 30 veículos, descobri que meu negócio era transformar a empresa de táxi numa locadora de veículo…Dessa forma, montei a LM.

Durante toda a sua carreira, que ultrapassa 40 anos, quais momentos representaram uma virada de chave para o sucesso?

Olha, tiveram várias viradas chaves, não foi uma, nem duas. Quando estava no negócio de caixa fósforo, precisei contratar os moleques que viviam na feira e transformá-los em sócios meus, porque  precisava aumentar o número de caixas de fósforos vendidas e, dessa forma,poder ganhar algum dinheiro. Porque eu passei a ter sócios e meus sócios eram apenas os moleques da feira. Depois, quando fiz o galinheiro, eram apenas trinta pintos. Nós tínhamos que vender com 65 dias, e com 45 dias de criaçaõ acabou a ração, mas não tínhamos dinheiro para comprar o restante da alimentação necessária. Diante desse problema, percebi que precisava vender, pelo menos, doze a quinze dos trinta pinto para entregar os demais com 65 dias. Procurei as carolas de igreja, porque minha mãe era uma frequentadora assídua, e prometi que entregava a mercadoria, mas que precisa que me adiantassem o pagamento. Com isso, eu fui em Sete Portas, comprei e trouxe no carrinho de mão, porque eu não tinha recursos para pagar um táxi, e entreguei um dia antes do prometido. Assim, criei o primeiro valor da empresa, que é o cumprimento do pacto: o que nós combinamos, nós cumprimos
 

Qual seria o conselho para quem está começando um negócio e sonha com o crescimento financeiro?
 

Ser honesto e fraco. Mesmo que alguém lhe ensine caminhos curtos, não acredite neles porque não existem. O caminho da prosperidade tem que ser trilhado com honestidade e trabalho árduo, dia e noite, de segunda a domingo, todos os dias, sem férias.

SERVIÇO

Sim, você também pode! é um livro da editora Bora Publicar, de 152 páginas, que será comercializado por R$ 50,00. Todo valor arrecado por meio das vendas será doado à Fundação Lar Harmonia, instituição sem fins lucrativos, localizada no bairro de Piatã, responsável por realizar ações educacionais e de promoção à saúde para pessoas expostas ao risco de vulnerabilidade social.

image
image
image

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Condutores das categorias C,D e E têm até 30 de abril para atualizar exame toxicológico

Para não serem penalizados com multa gravíssima, no valor de R$ 1.467,35, os condutores com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) das categorias C, D e E, e que estão com o exame toxicológico vencido, têm até o dia 30 de abril para realizar o procedimento, em um laboratório de sua escolha ou até em grandes

Professores da rede estadual podem se inscrever para receber vale-livro da Bienal

Dez mil vales-livro serão distribuídos entre professores e estudantes da Educação Básica da rede de ensino estadual para serem utilizados durante a Bienal do Livro da Bahia 2024, que acontece de 26 de abril a 1° de maio, no Centro de Convenções Salvador, no bairro da Boca do Rio.    Mil e quatrocentos vales serão

“Vou pegar você de frente”, dispara Zé Neto contra José Ronaldo, pré-candidatos à prefeitura de Feira

A divulgação da pesquisa Atlas Intel, na última segunda-feira (22), que mostra um empate técnico entre os pré-candidatos à prefeitura de Feira de Santana, José Ronaldo (União) e Zé Neto (PT), confirmou que os discursos tendem a acontecer de maneira mais acirrada e provocativa.    No último dia da Micareta de Feira de Santana, que aconteceu