Lula se solidariza com população do Sul e ministros devem visitar região atingida por ciclone

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestou solidariedade à população do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, regiões atingidas por fortes chuvas e ciclone. Diante da situação, o presidente ligou para o governador gaúcho, Eduardo Leite (PSDB), e ministros devem fazer uma visita às regiões neste final de semana.

“Gostaria de manifestar minha solidariedade com a população que está sofrendo com as fortes chuvas e um ciclone que passou pela região”, escreveu Lula, no Twitter. “A situação é grave, hospitais, casas, escolas e equipamentos públicos inundados. Estamos atentos para dar o apoio aos governos estaduais e prefeituras.”

Na mensagem, o presidente também citou as fortes chuvas em São Paulo e Pernambuco. “Me solidarizo com as famílias e peço a atenção de todos às orientações da Defesa Civil”, escreveu.

O ciclone extratropical que se formou na madrugada de hoje na região nordeste do Rio Grande do Sul causa fortes chuvas, ventanias e alagamentos no litoral norte do Estado, região metropolitana e Serra Gaúcha. Até o momento, foram registradas três mortes. Já no Estado catarinense, as fortes chuvas causaram deslizamentos de terra em Joinville, Praia Grande e em São Francisco do Sul. Não há registro de vítimas.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Goés, o governo está trabalhando, “desde o primeiro momento”, nas regiões atingidas. Segundo ele, o governo entrou em contato com os governadores do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, Jorginho Mello, para prestar o apoio necessário. De acordo com a atualização da agenda da presidência da República feita há pouco, o chefe do Executivo ligou para Leite às 16h30 de hoje, do Palácio do Alvorada.

Em publicação nas redes sociais após o contato com Lula, o governador gaúcho disse que o presidente determinou a vinda de Góes ao Estado. “Trabalharemos em conjunto”, afirmou Leite. Os ministros da Secretaria de Comunicação Social (Secom), Paulo Pimenta, e o do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, devem acompanhar a visita.

No Twitter, Pimenta disse já ter entrado em contato com o Ministério da Integração e do Desenvolvimento para acionar a Defesa Civil e apoiar as medidas que estão sendo adotadas pelos Estados e municípios atingidos.

Leia Também: Ciclone no RS causa 4 mortes, bloqueia estradas e deixa 460 mil sem luz

Leia Também: Vídeo mostra resgate de família após ciclone no Rio Grande do Sul

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Adriane Galisteu posta foto seminua e causa alvoroço nas redes sociais

Também em seu perfil, apresentadora revelou que participará do tapete vermelho de um evento, mas não deu muitos detalhes Reprodução/Instagram/@galisteuoficial Ela embarca nesta terça-feira (23) para uma viagem Na tarde desta segunda-feira (22), a apresentadora Adriane Galisteu, 51 anos, causou nas redes sociais ao postar um storie completamente nua, tapando somente os mamilos com um

Campeão do ‘BBB 24’, Davi recebe homenagem na Times Square

Mensagem de fãs foi feita em meio à polêmica sobre seu relacionamento com Mani; Fernanda Bande, Isabelle e Matteus também foram celebrados Reprodução/Redes Sociais Além de Davi, Fernanda Bande, Isabelle e Matteus também foram homenageados no vídeo Davi Brito, campeão do BBB 24, recebeu inúmeras homenagens desde que saiu da casa, na última terça-feira (16).

É muito importante que Congresso aprove lei das fake news e lei que regula IA, diz Lewandowski

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, defendeu a aprovação do projeto de lei das fake news, que regula a atuação das plataformas digitais no País, e o da regulamentação da Inteligência Artificial. "A mim me parece muito importante que Congresso aprove lei das fake news e a lei que regula Inteligência Artificial