TAGS

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 51 milhões

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Logo Agência Brasil

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.601 da Mega-Sena, e o prêmio acumulou em R$ 51 milhões para o sorteio do próximo sábado (17).  ebcebc

O sorteio foi realizado nessa quarta-feira (14) à noite no Espaço da Sorte, em São Paulo.

Notícias relacionadas:

  • Caixa libera abono salarial para nascidos em setembro e outubro.
  • Caixa registra lucro de R$ 1,9 bilhão no primeiro trimestre.
  • Saiba quais são as probabilidades de ganhar na Mega-Sena.

As dezenas vencedoras são 03 – 08 – 34 – 40 – 44  e 55  

A quina registrou 54 ganhadores e cada um vai receber R$ 74.307,61. Já a quadra teve 4.682 apostas vencedoras e cada uma terá o prêmio de R$ 1.224,32. 

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país ou pela internet. O jogo simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 5.  

 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Senadora diz que Ciro Gomes ‘vai responder na Justiça’ por ofensas: ‘Misoginia e machismo’

A senadora Janaína Farias (PT-CE), suplente do ministro da Educação, Camilo Santana, disse que vai processar o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT). O pedetista disse em entrevista que a parlamentar prestou serviços de "harém" ao ministro, rival político dele no Estado. Para Janaína, fala é "lamentável" e Ciro vai "responder por mais esse absurdo

Manutenção de prisão de Brazão enfraquece Lira e afeta disputa por sucessão na Câmara

(FOLHAPRESS) - A decisão do plenário da Câmara de manter a prisão do deputado Chiquinho Brazão (sem partido-RJ) enfraquece Arthur Lira (PP-AL), fortalece o STF (Supremo Tribunal Federal) e embaralha ainda mais a disputa pela sucessão do comando da Casa, marcada para o início de 2025. Alguns dos principais aliados de Lira encabeçaram as articulações

Moraes é aprovado com notas altas em concurso para professor na USP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Alexandre de Moraes, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), foi aprovado nesta sexta-feira (12) para o cargo de professor titular da USP em um concurso que só teve uma novidade relevante para ele. Não era a faculdade, que Moraes ainda frequenta semanalmente como professor de direito constitucional. Tampouco a disposição