População com mais de 65 anos sobe para 10,5% em 2022

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Logo Agência Brasil

A população com 65 anos ou mais no Brasil representava 10,5% do total em 2022, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados nesta sexta-feira (15), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo mostra que, em dez anos, houve um aumento da proporção dessa população no total porque, em 2012, o percentual era de 7,7%. ebcebc

A população adulta entre 30 e 64 anos também cresceu, ao passar de 42,4% em 2012 para 46,1%. Por outro lado, a proporção da população mais jovem diminuiu. Aqueles com 18 a 29 anos passaram de 20,9% para 18,7% dos habitantes, enquanto as pessoas com menos de 18 anos recuaram de 29% em 2012 para 24,6% em 2022.  

Notícias relacionadas:

  • IBGE revela desigualdade no acesso à educação e queda no analfabetismo.
  • Desemprego é maior entre mulheres e negros, diz IBGE .

“Observando-se a pirâmide etária da população brasileira, entre 2012 e 2022, [nota-se] o alargamento do topo [onde estão representados os mais idosos] e o estreitamento da base”, disse o pesquisador do IBGE Gustavo Fonte. 

Regiões

Entre as grandes regiões, o Norte e o Centro-Oeste ampliaram sua participação no total. O Norte passou de 8,3% em 2012 para 8,8% em 2022. Já o Centro-Oeste subiu de 7,4% para 7,8%. O Sul manteve a proporção de 14,3%, enquanto Nordeste (queda de 27,7% para 27%) e Sudeste (de 42,2% para 42,1%) tiveram recuo na participação nacional. 

As mulheres correspondiam a 51,1% da população brasileira em 2022, enquanto os homens eram 48,9%. Isso significa que havia 95,6 homens para cada mulher no país. Apenas na região Norte, a população masculina superava a feminina, o que fazia com que a proporção fosse de 100,1 homens para 100 mulheres. 

As regiões com menores proporções entre homens e mulheres eram o Nordeste (94,3 homens para 100 mulheres) e Sudeste (94,4 para 100). 

Em relação à cor ou raça, a proporção de pessoas que se declararam pretas subiu de 7,4% em 2012 para 10,6% em 2022, enquanto os que se declararam brancos recuaram de 46,3% para 42,8% no período. Os pardos, que eram 45,6% em 2012, passaram a ser 45,3% em 2022. Fonte destaca que a projeção populacional desta pesquisa da PNAD ainda não leva em consideração os dados do Censo Demográfico 2022. O parâmetro ainda é o Censo 2010.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Davi perde 400 mil seguidores após desabafo de Mani Reggo e se declara para ex: “Tô te esperando”

A crise no relacionamento do campeão do Big Brother Brasil 2024, Davi Brito, atingiu as suas redes sociais e fez com que mais de 400 mil pessoas deixassem de seguir o baiano nas últimas horas. O morador de Cajazeiras caiu de 10,5 milhões para 10,1 milhões de seguidores no Instagram até a publicação desta matéria. 

STF encerra julgamento virtual e mantém decisão do CNJ sobre afastamento de desembargador do TJ-BA

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou o julgamento virtual do recurso (agravo regimental) interposto pelo desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Luiz Fernando Lima, para voltar ao cargo. Por unanimidade, o colegiado rejeitou o recurso e manteve decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).   Os ministros Cármen Lúcia, Flávio

Bahia e Arena Fonte Nova anunciam nova política de preços de ingressos

O Bahia e a Casa de Apostas Arena Fonte Nova anunciaram na noite deste sábado (20) mudanças na política de precificação dos ingressos dos jogos. Os valores dos bilhetes passarão a ser variáveis levando em consideração o dia, horário, adversário e relevância do confronto. A nova medida entrará em vigor a partir do próximo sábado