Richarlison sonha com Ancelotti na seleção brasileira: ‘Brigaríamos por tudo’

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos


fta20221124329

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, não é o único animado com a possibilidade de ter Carlo Ancelotti no comando da seleção brasileira. Nesta quarta-feira, 14, o atacante Richarlison também reforçou o desejo de voltar a trabalhar com o atual técnico do Real Madrid. Em entrevista coletiva, o “Pombo” lembrou da época em que foi dirigido pelo italiano no Everton e rasgou elogios ao profissional. “Ancelotti é um cara que ganhou tudo na Europa. Com certeza, se vier, se estiver aqui, vai nos ajudar muito, estaremos brigando por tudo”, aposta Richarlison, lembrando da época em que era dirigido pelo treinador. “No Everton eu me sentia um fenômeno na mão dele, comecei a fazer gol sem parar. Todo fim de jogo ele me levava para casa, me sentia até filho dele”, revelou.

A três dias do amistoso contra Guiné, o atacante Richarlison ainda lamentou a demora para a definição do substituto de Tite. Plano A da CBF, o italiano tem contrato com o Real Madrid até junho de 2024 e pretende cumpriu o acordo. “Um pouco difícil (Essa situação). A gente quer começar a preparação o quanto antes, pois sabe da dificuldade de uma Copa. Queremos trabalhar forte, com um técnico fixo para pegar as características dele, saber o que ele quer, mas não temos o que fazer. Queremos ouvir e aguardar o presidente (Ednaldo Rodrigues), ver o que ele vai decidir”, se esquivou o jogador do Tottenham, tentando manter a concentração no amistoso contra os africanos, neste sábado, 17, em Barcelona, na Espanha.

Treinado por Ancelotti no Real Madrid, o atacante Rodrygo também não escapou do assunto. E disse que seria interessante se conseguisse estar tanto no clube merengue quanto no comando da seleção. “É difícil porque tem contrato para a próxima temporada com o Real Madrid. Mas seguimos confiando muito no presidente da CBR e veremos o que vai acontecer”. Sobre o trabalho do atual comandante na Espanha, ele também crê que a seleção brasileira melhoraria bastante. “Ele agregaria muito, pois traz essa mentalidade vencedora. Ancelotti sabe trabalhar bem o vestiário.”

*Com informações do Estadão Conteúdo

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Palmeiras se desculpa com Flamengo por cusparada em Tite e estuda punir torcedor

O diretor de futebol do Palmeiras, Anderson Barros, se desculpou com o Flamengo nesta segunda-feira (22) pela cusparada em Tite durante o clássico de domingo (21), que terminou empatado sem gols. A cúpula palmeirense agora vai fazer uma busca nas câmeras de segurança espalhadas pelo estádio a fim de identificar o autor. O clube estuda

Em depoimento à CPI das Apostas, Textor diz que manipulação no futebol é ‘realidade’, mas não apresenta provas

O depoimento de John Textor, dono da SAF (Sociedade Anônima de Futebol) do Botafogo, à CPI das Apostas Esportivas do Senado trouxe novas acusações envolvendo juízes de futebol e clubes do Campeonato Brasileiro. Baseando-se em relatórios da empresa Good Game!, especializada em análise de jogos, o americano afirmou que a manipulação de resultados é uma

Após período de testes em 2015, Rodrigo Ferreira volta ao Santos ‘mais maduro’ e diz que ‘não tem como negar’ convite do clube

O lateral-direito Rodrigo Ferreira foi apresentado nesta segunda-feira (22) como reforço do Santos para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador, que já passou pelo clube em 2015, para um período de testes na equipe sub-23, retorna com o objetivo de conquistar o acesso para a elite nacional sob o comando de