Pais são presos acusados de tentativa de homicídio contra bebê com menos de 2 meses

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Um casal foi preso na manhã desta segunda-feira (10) em Toledo (PR), por tentativa de homicídio contra o próprio filho, um bebê de pouco mais de 40 dias. A criança foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município com diversas lesões pelo corpo. As informações são do site Toledo News.

 

Segundo o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Baptista Santos, os profissionais de saúde que atenderam o bebê suspeitaram de maus-tratos e acionaram o Conselho Tutelar e a Polícia. A criança apresentava hematomas no rosto, na barriga e nas pernas, além de fraturas na tíbia, no antebraço e nas costelas. O laudo médico apontou que o bebê corria risco de morte.

 

O pai e a mãe foram conduzidos à Delegacia e negaram as agressões. Eles disseram que os hematomas apareceram sem motivo e que não procuraram ajuda médica imediatamente. No entanto, a Polícia não acreditou na versão do casal e pediu a prisão temporária deles por 30 dias.

 

 “A mãe disse que deixou o filho com o pai e ao acordar identificou os hematomas. Ela disse ter questionado o que teria ocorrido e ele mencionou que os ferimentos haviam aparecido do nada e sem qualquer motivo”, detalhou o delegado.

 

Ainda conforme o delegado, o caso chegou a polícia no dia 4 de julho, um dia após o internamento do bebê na UPA de Toledo. “Os pais mencionaram que os hematomas apareceram entre a sexta-feira, 30 de junho e o sábado 1º de julho, mas levaram a criança para o hospital apenas na segunda-feira, dia 3 de junho”, informou Baptista.

 

Rodrigo afirmou que todos os ferimentos e hematomas caracterizam o crime de maus-tratos e também a tentativa de homicídio. “Logo de cara nós constatamos todas as lesões e os pais foram conduzidos a Delegacia no mesmo dia e ouvidos. Eles negaram as agressões, mas após as investigações era praticamente impossível não imputar a autoria a eles, pois o bebê morava apenas com os dois. Uma criança que não apresenta nem mesmo força para rolar de uma cama e cair, apresentar diversas lesões, não poderia chegar nesse nível sem que as agressões fossem muito intensas”.

 

A criança foi acolhida pelo Conselho Tutelar e teve a guarda retirada dos pais. A Vara Cível de Toledo citou o caso do menino Henry Borel, morto no Rio de Janeiro-RJ, para justificar a medida protetiva. A Polícia deve representar pela prisão preventiva do casal, que responderá por tentativa de homicídio.

 

O bebê nasceu no dia 15 de maio e ainda não completou dois meses de vida. Ele segue internado no Hospital Bom Jesus.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Fluxo cambial total registra saldo positivo de US$ 5,4 bilhões em 2024, diz Banco Central

O Banco Central divulgou nesta quinta-feira, 22, que o Brasil teve um saldo positivo de US$ 5,421 bilhões no fluxo cambial até o dia 16 de fevereiro de 2024. Esse resultado representa uma queda em relação ao ano anterior, quando o saldo foi de US$ 11,491 bilhões. O fluxo cambial atua como um avaliador da

Justiça manda transferir autor da facada em Bolsonaro para tratamento em MG

  A Justiça Federal determinou nesta quarta-feira (21) a transferência de Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado a faca contra Jair Bolsonaro em 2018, para tratamento em Minas Gerais, seu estado natal. Ele está preso há seis anos na Penitenciária Federal de Campo Grande (MS).    Em nota, a DPU  informou que a Justiça

Flávio Dino empossado como novo ministro do Supremo Tribunal Federal

O Supremo Tribunal Federal, a partir desta quinta-feira (22), volta a trabalhar com a sua composição completa. Foi empossado como o mais novo ministro da Corte o ex-ministro da Justiça, ex-governador do Maranhão, ex-deputado e ex-senador Flávio Dino.    Indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aprovado pelo Senado, Flavio Dino é o