Acidente “apocalíptico” com ônibus faz mais de 20 mortos em Veneza

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Pelo menos 21 pessoas morreram num acidente de ônibus esta terça-feira (3) em Mestre, na área do município de Veneza, no norte de Itália, depois do veículo ter caído de um viaduto para uma linha ferroviária e ter incendiado. Há duas crianças e um adolescente entre as vítimas mortais, naquele que foi acidente que provocou também 18 feridos, alguns com gravidade.

As informações foram divulgadas pelo jornal Corriere Della Sera, sendo que o prefeito da cidade, Luigi Brugnaro, confirmou o incidente através do Twitter.

O jornal explicou que o veículo caiu do viaduto por volta das 19h30 (horário local) desta terça-feira , tendo pegado fogo logo a seguir.

Entre as vítimas encontram-se duas crianças e um adolescente, cujas idades não foram especificadas. O mesmo meio adiantou que o ônibus “estava lotado de turistas”, incluindo “um grupo de ucranianos”.

Desconhecem-se ainda os motivos do acidente, que ocorreu junto ao viaduto de Rizzardi. Os trens entre Mestre e a estação de Santa Lucia, em Veneza, foram todos cancelados mas, entretanto, repostos.

Imagens divulgadas nas redes sociais demonstram a densa nuvem de fumaça emanada pelas chamas.

“Uma tragédia enorme atingiu esta noite a nossa comunidade. Vou ordenar imediatamente um luto na cidade, em memória das numerosas vítimas que estavam no autocarro caído”, afirmou Brugnaro, lamentando a “cena apocalíptica”.

A primeira-ministra italiana também já reagiu ao incidente, afirmando na rede social Twitter, agora X, enviando as suas “sentidas condolências pessoais e do governo pelo grave acidente ocorrido em Mestre”. “Penso nas vítimas e os familiares e amigos. Estou em contato permanente com o prefeito Luigi Brugnaro e com o ministro [do Interior] Matteo Piantedosi, para acompanhar as notícias sobre esta tragédia”.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Netanyahu diz que Lula ‘cruzou linha vermelha’ ao comparar ações em Gaza a Holocausto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, afirmou neste domingo (18) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) "cruzou a linha vermelha" ao comparar as ações do país na Faixa de Gaza ao extermínio conduzido por Adolf Hitler, no qual 6 milhões de judeus foram mortos de forma sistemática

Trump vence primárias republicanas na Carolina do Sul, estado natal de Haley

O ex-presidente Donald Trump conquistou a vitória nas primárias presidenciais republicanas da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, derrotando a opositora de partido Nikki Haley em seu estado natal. Com mais de 85% dos votos tabulados, Trump venceu por 59,9% a 39,4%. As vitórias anteriores do ex-mandatário em Iowa, New Hampshire e Nevada já o colocavam como

Homem mata o pai, o irmão e mais 10 familiares no Irã

Um homem matou, no sábado, 12 familiares na província de Kerman, no Irã, devido a disputas familiares.  Entre as vítimas estão o pai e o irmão do atirador, de 30 anos, segundo revelou o chefe do departamento de justiça de Kerman, Ebrahim Hamidi. De acordo com a Associated Press, o homem usou uma arma Kalashnikov