Ex de MC Marcinho estava sob efeito de remédio quando assinou divórcio

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

MC Marcinho, poucos dias antes de sua morte, oficializou o divórcio com Kelly Garcia. O funkeiro já estava no hospital, lutando por sua vida, quando a separação foi oficializada. A mulher revelou, em entrevista a Leo Dias, que estava sob efeito de remédios, do qual é viciada, e não se lembrava de ter assinado o documento.

“No dia que eu fiz a minha live, que está salva lá no Instagram, no dia seguinte ela [advogada] me mandou uma mensagem pelo WhatsApp dizendo: ‘Kelly, seu divórcio saiu’, e eu falei para ela o seguinte: ‘como assim?’. E ela: ‘Você deu entrada no divórcio’ e eu falei para ela: ‘Mas como? Eu não assinei nada!’ e ela ‘Você assinou’”, disse a mulher, que revelou uma briga com a profissional.

“Fiquei brigando com ela, chamei minha filha, porque no dia que eu fui no escritório eu não lembrava de ter assinado nada”, declarou.

“Eu estava sob efeito de remédios, então eu não posso dizer que eu não assinei, porque eu não sei. Tem muitas coisas da minha vida que eu não sei, que eu não lembro, que eu não posso falar assim ‘eu não fiz isso’, até porque a advogada é muito idônea, ela é minha amiga de infância”, detalhou.

A mulher explicou que não teve tempo para conversar sobre o assunto com MC Marcinho. “Depois eu perguntei para ela quando foi dada a entrada no divórcio e ela disse: ‘foi no dia 1º de agosto’, e o divórcio saiu no dia 9 de agosto. Eu até brinquei com ela: ‘Nossa que divórcio veloz’, a gente, nós dois, eu e Márcio, não tivemos a oportunidade de conversarmos, porque até a nossa separação foi pelo WhatsApp”, pontuou.

Kelly Garcia ainda relembrou que só ficou sabendo do divórcio no dia 18 de agosto, quando recebeu alta de uma clínica psiquiátrica em que estava internada, por conta do vício em remédios. MC Marcinho infartou em 12 de agosto e faleceu quase duas semanas depois, em 26 de agosto.

Por conta da oficialização da separação, muitas pessoas colocaram a culpa da pior no estado de saúde do funkeiro em Kelly. Uma das filhas do MC Marcinho chegou até a dizer que ia processá-la.

“Foi essa imagem que ficou, fora muitas outras, como a que meus filhos estavam contra mim, que a filha do Márcio, que apareceu há 2 anos, ia me processar por abandono de incapaz. Mas o problema todo foi no enterro, o irmão dele deu uma declaração dizendo que ele tinha se entregado para a doença, porque estava em depressão devido o pedido de separação, e isso foi para vários portais, porque isso saiu da boca dele e isso me sentenciou”, declarou.

A ex-esposa do cantor ainda contou que teve síndrome do pânico por conta das mensagens ofensivas que recebeu pelas redes sociais.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Buda aciona advogados e recupera bens pessoais, 3 dias após deixar BBB

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Lucas Buda, ex-participante do BBB 24 (Globo), recuperou os bens pessoais nesta sexta-feira (12), três dias após sair do programa. A informação foi confirmada pela advogada do capoeirista. O ex-BBB acionou advogados para lidar com o divórcio litigioso de Camila Moura. A separação aconteceu enquanto ele estava na casa. Até

Conheça história do Hino Nacional, cujo dia é celebrado neste sábado

Neste sábado (13/4), o Brasil celebra o dia do Hino Nacional Brasileiro. A escolha desta data remonta à noite de 13 de abril de 1831, quando a música do hino ressoou pela primeira vez no Teatro São Pedro de Alcântara, no Rio de Janeiro. O momento marcou não apenas a estreia da melodia, mas também

Justiça nega mudança de prisão preventiva para domiciliar de acusado no caso Jeff Machado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Justiça do Rio de Janeiro, por meio da juíza Alessandra da Rocha Lima Roidis, da 1ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, negou o pedido de substituição da prisão preventiva por prisão domiciliar feito pelo advogado de Jeander Vinicius, acusado de matar o ator Jeff Machado. Segundo informações confirmadas