TAGS

Abapa concede prêmio a jornalistas e estudantes destaque na cobertura do setor do algodão da Bahia

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) premiou, nesta terça-feira (28), os jornalistas e estudantes que se destacaram na produção comunicacional sobre a produção de algodão na Bahia. A cerimônia do Prêmio Abapa de Jornalismo 2023 foi apresentada pela jornalista especializada em agro, Georgina Maynart, ao lado do presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Luiz Carlos Bergamaschi, que revelaram os vencedores com a entrega de R$ 81 mil em dinheiro e certificados. 

 

Na categoria Profissional, modalidade Televisão, o prêmio foi para a TV Bahia, afiliada da TV Globo, que veiculou a reportagem especial “Onde tem Bahia: Conheça histórias de quem leva a Bahia pelo mundo”, de Eduardo Oliveira (repórter), Jefté Rodrigues (cinegrafista) e Douglas Souza de Oliveira (editor). Na Internet, o site Notícias Agrícolas conquistou a honraria com a reportagem “A revolução da cotonicultura brasileira em duas décadas”, do autor Aleksander Horta de Souza.

 

O destaque foi para a categoria Jovens Talentos, onde estudantes de seis faculdades baianas – Centro Universitário UNIFTC; Unijorge; UNIFACS; UFBA, UNIME e UESB – participaram de uma imersão, por meio de um ciclo de palestras e visitas técnicas nos campos de algodão do oeste da Bahia. Para esta edição, diante da qualidade do trabalho dos estudantes, além de premiar os trabalhos dos três melhores colocados, de acordo com o regulamento, foram reconhecidas mais duas reportagens das modalidades escrita e vídeo, com uma menção honrosa, além dos troféus. Confira a lista completa com os ganhadores:

 

Categoria Jovens Talentos – Escrita

 

1º lugar – UFBA – Larissa Pereira Almeida. Título: ESG na cotonicultura: saiba como a adoção da onda sustentável impulsiona a cadeia produtiva do algodão no Oeste da Bahia

2º lugar – UFBA- Jade Araújo de Oliveira. Título: Caminhos alvos para o futuro.

3º lugar- UNIFACS – Universidade Salvador – Maria Eduarda Gonzaga Matos. Título: Conhecendo o Agro: Programa educacional estimula o interesse pelo agronegócio em escolas do Oeste Baiano.

4º lugar – Centro Universitário UNIFTC – Quézia Silva Nascimento. Título: Cotonicultura anda de mãos dadas com a sustentabilidade.

5º lugar – UNIJORGE – Centro Universitário Jorge Amado – Millena Marques de Sousa. Título: Cotonicultura: o coração do oeste baiano.

 

Categoria Jovens Talentos – Vídeo

 

1º lugar – Centro Universitário UNIFTC – Marcos Vinícius Freitas de Jesus, Atamires Miranda do Nascimento e Wendel Alves de Araújo. Título: O processo produtivo do algodão na Bahia.

2º lugar – UNIFACS – Isla Maria de Carvalho Ribeiro, Lis Gabrieli Bonfim Soares Silva. Título: Brasil está prestes a superar os EUA e se tornar o maior exportador de algodão do mundo ainda em 2023/2024

3º lugar – UESB – direto de Vitória da Conquista – Ane Caroline Sousa Xavier, Ellen Milena Gomes Santana. Título: Moda Consciente: Sustentabilidade em cada fibra.

4º lugar – Centro Universitário UNIFTC – Bruna Silva da Costa, Vitória Sacramento Vieira. Título: Sustentável, econômico e social: Entenda a importância do aproveitamento do algodão.

5º lugar – UNIFACS – Universidade Salvador – Sued Mattos Conceição Gomes. Título:  Farelo e torta de algodão: subprodutos têm potencial de expandir a criação de gado na Bahia.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Eleição municipal pode promover suplentes de olho em cadeiras na AL-BA; veja cenários

A aproximação das eleições municipais neste ano também devolve ao debate a candidatura de alguns deputados estaduais, espalhados por diversos municípios da Bahia. Com alguns postulantes, os suplentes de deputado estadual na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) já têm esfregado as mãos para assumir a cadeira.    Em levantamento realizado pelo Bahia Notícias, ao menos

Sigilo de PAD e dosimetria de pena geram divergência em julgamento de juiz que ofereceu viagem a NY para parte; entenda

A dificuldade para acessar os autos do processo administrativo disciplinar (PAD) contra o juiz Antônio Mônaco Neto, da 3ª Vara de Família de Salvador, alegada por desembargadores na sessão do Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), provocou uma discussão acalorada entre os pares. O PAD estava na pauta da sessão desta quarta-feira (28)

De virada, Jacuipense perde para o Água Santa e é eliminado da Copa do Brasil

O Jacuipense é mais um time baiano que está fora da Copa do Brasil. Em jogo válido pela primeira fase da competição na noite desta quarta-feira (28), o Leão do Sisal perdeu de virada para o Água Santa por 2 a 1 na Arena Barueri. Pablo marcou para o clube baiano, mas Luan Dias marcou