Governo prevê estender Desenrola Brasil até março de 2024

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos
desenrola

Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira, 6, o secretário de reformas econômicas do Ministério da Fazenda, Marcos Barbosa Pinto, afirmou que o governo enviará uma medida provisória ao Congresso Nacional com a prorrogação do programa Desenrola Brasil por mais três meses, até março de 2024. “O programa foi um sucesso, o que a gente precisa é de mais tempo para que as pessoas cheguem até a plataforma, saibam do programa e possam acessá-lo”, disse Barbosa. 

Também constará na MP a eliminação da exigência do certificado de conta prata ou ouro no Portal Gov.br, para incentivar a população a renegociar suas dívidas, pois 40% do público está classificado como bronze no portal. Em relação a segurança, a Fazenda está construindo um novo mecanismo automático para essa etapa. “A gente precisa tirar o requisito legal, mas a gente está construindo com os bancos e com a B3 um mecanismo que dê a segurança necessária sem a gente necessariamente passar pelo prata ou ouro do Gov.br”, disse o secretário

Conforme dados divulgados pelo Censo do Desenrola, desde o início do programa em julho de 2023 até hoje, foram renegociados no total R$ 29 bilhões em dívidas, beneficiando 10,7 milhões de brasileiros. O valor de garantia do governo para que as empresas participassem foi de 10% do total previsto, que estava em R$ 10 bilhões no lançamento. O interesse do governo é manter a plataforma de maneira permanente, porém sem o Fundo Garantidor. “A gente não pretende manter o apoio do fundo garantidor, mas a gente pretende manter a plataforma disponível, porque esse é o instrumento estrutural de longo prazo. Nos surpreendeu o volume de renegociação à vista, e reforma um diagnóstico que a gente já tinha. Como o valor das dívidas é pequeno em geral, muitas vezes o credor quer dar o desconto e o devedor estaria disposto a fazer o pagamento. Mas eles não se encontram e custa caro para eles se encontrarem, dado o valor da dívida. A plataforma é o legado que fica para a sociedade para se fazer isso”, explicou Marcos Pinto.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

‘Não queria morrer de fome’: média salarial de R$ 30 mil faz físico mudar de carreira e ir para o mercado financeiro; entenda

Mudar de profissão não é uma tarefa fácil. São diversos os medos e receios que fazem com que diversos profissionais optem por continuar insatisfeitos nas suas trajetórias atuais. Porém, mesmo sabendo de tudo isso, o ex-estudante de física da USP, Ruy Hungria, decidiu arriscar e ingressar em uma área que ele sequer tinha ouvido falar

Caixa Econômica Federal abre concursos com mais de 4 mil vagas em todo o Brasil

A Caixa Econômica Federal anunciou a abertura de dois editais para concurso público em todo o país, oferecendo um total de 4.050 vagas para diversas áreas. As inscrições estarão disponíveis a partir de 29 de fevereiro até 25 de março. Os salários iniciais variam entre R$ 3.762 e R$ 14.915. Os candidatos serão submetidos a provas

Mercado eleva projeção do PIB e mantém previsão de déficit primário em 2024

O Banco Central divulgou nesta quinta-feira o Relatório Focus, que traz previsões econômicas atualizadas. Para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2024, a projeção subiu de 1,60% para 1,68%, enquanto a previsão para o final de 2024 aumentou de 1,61% para 1,70%, considerando apenas as respostas dos últimos cinco dias úteis. Em relação