Governo quer quitar R$ 95 bilhões em precatórios ainda em 2023, afirma Haddad

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos


age20230410082

O governo federal quer quitar R$ 95 bilhões em precatórios ainda este ano. Pelo menos foi o que afirmou o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, após um painel na 28ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28), nesta sexta-feira, 1º. “O Tesouro Nacional se organizou para começar a pagar a partir da edição da medida provisória”, disse o ministro. O ministro também ressaltou que o STF (Supremo Tribunal Federal) deu autorização para a quitação dessas dívidas. Ele afirmou que ainda não conversou com o secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron. “Mas como o Supremo Tribunal Federal autorizou, já é possível”, disse Haddad. Nesta quinta-feira, 30, o STF autorizou, por 9 votos a 1, o governo federal a quitar R$ 95 bilhões em precatórios neste ano. O relator ministro Luiz Fux votou para autorizar a regularização deste estoque e declarou inconstitucional o teto para pagamento de precatórios criado em 2021 sob a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro. Com a decisão, ele acolheu o pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para a abertura de crédito extra para quitar o passivo. O relator, entretanto, não aceitou o pleito desejado pelo governo, que era de classificar parte das sentenças como despesas financeiras para que ficassem fora dos limites do novo arcabouço fiscal e da meta de resultado primário. Segundo a Haddad, o objetivo é não deixar nada para o próximo ano. “Queremos resolver o problema do calote, que feriu a reputação do Brasil, inclusive no exterior”, afirmou Haddad, acrescentando que não havia nenhum motivo para o Brasil não pagar os precatórios no ano passado. Haddad também mencionou a possibilidade de incluir a discussão sobre Juros sobre Capital Próprio (JCP) no texto da medida provisória que trata das subvenções do ICMS. “Se houver acordo dos líderes, a proposta entra no texto sobre as subvenções do ICMS”.

*Com informações do Estadão Conteúdo 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

‘Não queria morrer de fome’: média salarial de R$ 30 mil faz físico mudar de carreira e ir para o mercado financeiro; entenda

Mudar de profissão não é uma tarefa fácil. São diversos os medos e receios que fazem com que diversos profissionais optem por continuar insatisfeitos nas suas trajetórias atuais. Porém, mesmo sabendo de tudo isso, o ex-estudante de física da USP, Ruy Hungria, decidiu arriscar e ingressar em uma área que ele sequer tinha ouvido falar

Caixa Econômica Federal abre concursos com mais de 4 mil vagas em todo o Brasil

A Caixa Econômica Federal anunciou a abertura de dois editais para concurso público em todo o país, oferecendo um total de 4.050 vagas para diversas áreas. As inscrições estarão disponíveis a partir de 29 de fevereiro até 25 de março. Os salários iniciais variam entre R$ 3.762 e R$ 14.915. Os candidatos serão submetidos a provas

Mercado eleva projeção do PIB e mantém previsão de déficit primário em 2024

O Banco Central divulgou nesta quinta-feira o Relatório Focus, que traz previsões econômicas atualizadas. Para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2024, a projeção subiu de 1,60% para 1,68%, enquanto a previsão para o final de 2024 aumentou de 1,61% para 1,70%, considerando apenas as respostas dos últimos cinco dias úteis. Em relação