TAGS

Grupo de oposição em Camaçari lança projeto de olho nas eleições de 2024

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O grupo de oposição em Camaçari lançou na noite de quinta-feira (30) o projeto Diga Aí, Camaçari, uma série de encontros para ouvir a população de todos os bairros da cidade, espalhada na sede e em povoados, e discutir soluções para os principais problemas enfrentados pela comunidade.

Participaram do encontro o secretário de Relações Institucionais do Estado, Luiz Caetano, a deputada federal Ivoneide Caetano, o ex-deputado Bira Coroa, os vereadores Tagner Cerqueira, Vavau e Dentinho, lideranças políticas da cidade e populares, além de representantes de partidos como PV, PCdoB, PSB e PSD.

A primeira reunião aconteceu no Largo do Cajueiro, bairro da Gleba C. Ao todo, serão 36 encontros, nos quais cinco eixos serão discutidos: saúde, educação, transporte, desenvolvimento social e infraestrutura. As principais demandas da população farão parte do programa de governo do candidato que representará a oposição nas eleições municipais de 2024.

O primeiro ato foi realizado, na Gleba C, um dos bairros mais populosos e tradicionais de Camaçari, onde a saúde foi um dos temas centrais das discussões. Moradores apontaram que o fechamento da UPA Nova Aliança, em 2018, pelo atual prefeito do município, causou grandes prejuízos para a população da região. Transporte e educação também foram mencionados pelos moradores como questões a serem discutidas imediatamente.

Em um discurso forte, o ex-prefeito Luiz Caetano afirmou que a atual administração não cuida das pessoas e destacou que a oposição devolverá Camaçari “para o seu povo” a partir de janeiro de 2025. Segundo ele, porém, antes será preciso ouvir as pessoas que vivem em Camaçari.

“Isso aqui é uma demonstração de que o povo de Camaçari está sufocado, de que nosso povo não está sendo cuidado pelo governo municipal. O prefeito de Camaçari não cuida da nossa cidade, não cuida do nosso povo. Vamos fazer 36 encontros na sede e na orla e vamos ouvir todas as pessoas para construir o nosso projeto”, afirmou. 

A deputada Ivoneide Caetano seguiu a mesma linha. Para ela, os encontros promovidos pelo Diga Aí, Camaçari serão fundamentais para elencar as prioridades da próxima gestão. “Não podemos arriscar. Precisamos de alguém experiente na prefeitura, que chegue em 2025 e saiba o que fará imediatamente e governe junto com povo”, afirmou.

 

As datas dos próximos encontros serão divulgadas em breve. Um site com informações, dúvidas e registros do Diga Aí, Camaçari também foi lançado pelo grupo.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Eleição municipal pode promover suplentes de olho em cadeiras na AL-BA; veja cenários

A aproximação das eleições municipais neste ano também devolve ao debate a candidatura de alguns deputados estaduais, espalhados por diversos municípios da Bahia. Com alguns postulantes, os suplentes de deputado estadual na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) já têm esfregado as mãos para assumir a cadeira.    Em levantamento realizado pelo Bahia Notícias, ao menos

Sigilo de PAD e dosimetria de pena geram divergência em julgamento de juiz que ofereceu viagem a NY para parte; entenda

A dificuldade para acessar os autos do processo administrativo disciplinar (PAD) contra o juiz Antônio Mônaco Neto, da 3ª Vara de Família de Salvador, alegada por desembargadores na sessão do Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), provocou uma discussão acalorada entre os pares. O PAD estava na pauta da sessão desta quarta-feira (28)

De virada, Jacuipense perde para o Água Santa e é eliminado da Copa do Brasil

O Jacuipense é mais um time baiano que está fora da Copa do Brasil. Em jogo válido pela primeira fase da competição na noite desta quarta-feira (28), o Leão do Sisal perdeu de virada para o Água Santa por 2 a 1 na Arena Barueri. Pablo marcou para o clube baiano, mas Luan Dias marcou