Homem que ficou viúvo no dia do casamento vive disputa judicial com sogra

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O homem que ficou viúvo no dia do seu casamento, depois de uma motorista embriagada ter batido contra um carrinho de golfe em que viajavam os noivos, agora está envolvido numa disputa com a sua sogra.

Aric Hutchinson assumiu o controle dos bens de Samantha Miller depois de a sua noiva, de 34 anos, ter morrido no acidente na saída de sua festa de casamento na Carolina do Sul, nos EUA.

Contudo, a mãe da noiva, Lisa Miller, assinou uma petição para remover Aric como representante legal da sua filha, questionando inclusivamente se o casamento entre ambos é válido ou não.

O seu advogado também apresentou, retirou e voltou a apresentar uma moção para intervir num processo por homicídio culposo que Hutchinson moveu contra bares locais por terem servido álcool à condutora embriagada – um processo que se espera que venha a obter uma indenização elevada.

“Eu e o Aric concordamos várias vezes que a Sam quereria que fizéssemos tudo juntos uma vez que éramos as pessoas mais importantes da sua vida. Eu nunca quis pôr em causa a validade do casamento. Nunca quis desonrar a Sam. Mas sinto que ele está desonrando a minha filha ao fazer coisas que não vão de acordo aos seus desejos”, afirma a mãe.

Já o advogado de Aric afirma que ele sente que, desde o início, tudo isto “foi uma maneira de ganharem dinheiro” a qualquer custo. Aric teria ainda oferecido para dar metade do valor que deverá receber da indenização pelo homicídio culposo de Samantha, não por a reivindicação de Lisa ser válida, mas porque quer evitar conflitos.

“Aric fez esta oferta de acordo não porque Lisa Miller tivesse uma reivindicação legal válida – ela não tem – mas sim porque ele é uma pessoa generosa e, é claro, preferiria evitar litígios dolorosos e públicos sobre a validade de seu casamento com Sam “, disse o seu advogado.

A condutora e autora do homicídio é Jamie Lee Komoroski. A mulher, de 26 anos, foi acusada de homicídio culposo e três queixas por dirigir sobre a influência de álcool.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Criança de 9 anos é presa após morte de familiar nos EUA

Uma tragédia familiar abalou a cidade de Tooele, no estado de Utah, nos Estados Unidos. Uma criança de 9 anos foi detida após um familiar ser morto com um tiro na cabeça, na noite do dia 16 de fevereiro, de acordo a ABC News. O sexo da criança não foi divulgado, assim como o grau

Israel acusa ONU de ignorar crimes do Hamas por pedir embargo de armas

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, acusou os relatores e especialistas da ONU (Organização das Nações Unidas) de “ignorar os crimes de guerra, os crimes sexuais e os crimes contra a humanidade” cometidos pelo grupo palestino Hamas. A declaração ocorre após 37 membros da entidade pedirem na última sexta-feira, 23, um embargo

Youtuber é condenada a 30 anos de prisão por abuso infantil

Ruby Franke, a norte-americana que fornecia orientação parental no Youtube, foi sentenciada a uma pena de até 60 anos de prisão por quatro crimes de abuso agravado de crianças. Ela cumprirá uma pena efetiva de até 30 anos, o tempo máximo por acumulação jurídica no estado de Utah. A acusação incluía quatro crimes de abuso