PF aposenta ex-deputado bolsonarista cassado por fake news

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Primeiro caso de político cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral por disseminar fake news, o ex-deputado federal e ex-deputado estadual Fernando Francischini acaba de encerrar sua carreira como delegado da Polícia Federal.

O Diário Oficial da União desta quarta-feira (6/12) trouxe o despacho que concedeu aposentadoria a Francischini, assinado pelo diretor de Gestão de Pessoas da PF, Guilherme Monseff de Biagi.

Embora a reforma da previdência tenha elevado a 55 anos a idade para aposentadoria de policiais federais de ambos os sexos que tenham ingressado no serviço após a aprovação do texto, o ex-deputado bolsonarista, que tem 53 anos, pôde pendurar o distintivo graças ao cumprimento de um período adicional de contribuição.

Um dos articuladores da primeira campanha presidencial de Jair Bolsonaro, Fernando Francischini teve o mandato de deputado estadual no Paraná cassado pelo TSE em outubro de 2021. Foi o primeiro caso de cassação por disseminação de fake news no país.

Por seis votos a um, os ministros consideraram o agora delegado aposentado culpado de uso indevido dos meios de comunicação, abuso de poder político e de autoridade por espalhar notícias falsas sobre fraudes nas urnas eletrônicas na eleição presidencial de 2018.

Em junho de 2022, ele obteve uma liminar do ministro do STF Nunes Marques para retomar o mandato, mas a Segunda Turma cassou a decisão dois dias depois.

Pai do deputado federal Felipe Francischini, do União Brasil, Fernando Francischini ocupa atualmente um cargo comissionado na Secretaria de Justiça do governo Ratinho Júnior, no Paraná. O salário bruto dele é de R$ 10.095,25.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Michelle na Paulista: “O assassinato da nossa reputação é diário”

São Paulo — A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) foi a primeira a discursar no ato convocado para este domingo (25/2) na Avenida Paulista, em São Paulo (SP), convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Emocionada, chorou ao falar com o público que chamou de “exército de Deus, de homens e mulheres, exército de patriotas que não desistem

Polícia Militar apreende drogas em Candeias

Policiais Militares da 10ª CIPM apreenderam drogas em Candeias, na manhã de sábado (24). Os oficiais realizavam patrulhamento na Rua Alto do Dendê, no bairro Santo Antônio, quando avistaram um homem em atitude suspeita, em posse de uma bolsa.   Após abordagem, os policiais encontraram 64 porções de cocaína, 38 pedras de crack e dinheiro

Vale-transporte: TJSP autoriza volta das integrações do Bilhete Único

São Paulo – O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) determinou que a gestão Ricardo Nunes (MDB) volte a permitir que os usuários do Bilhete Único na modalidade vale-transporte possam fazer até quatro integrações no período de três horas, como ocorria até 2019. A regra tinha sido alterada pelo então prefeito Bruno Covas (PSDB), que