Por dívida, mansão de Cafu em Alphaville é leiloada por R$ 25 milhões

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

São Paulo – A mansão do ex-jogador Cafu na região de Alphaville, região nobre da cidade de Barueri, na Grande São Paulo, foi leiloada judicialmente por R$ 25 milhões por causa de uma dívida estimada em R$ 9,5 milhões.

A casa, avaliada em R$ 40 milhões, foi adquirida pela CAS Participações e Administração de Bens Próprios.

Segundo o leiloeiro Denys Pyerre de Oliveira, em documento enviado à Justiça, a oferta foi valiosa decido ao atual momento econômico do Brasil. Ele pediu que o resultado do leilão seja homologado pelo juiz Bruno Paes Straforini.

Se a venda for confirmada pelo juiz, a empresa compradora vai pagar a mansão com um sinal de R$ 6,25 milhões e dividirá o restante em 15 parcelas mensais.

O imóvel fica no condomínio Alphaville Residencial 2 e possui seis suítes, piscina, quadra de futebol society, sala de cinema, salão de jogos e sauna, em um terreno de 2.581 metros quadrados.

Após a expedição da carta de arrematação do leilão, o ex-jogador, campeão mundial pela Seleção Brasileira em 1994 e em 2002, terá 45 dias úteis para deixar a mansão.

A ordem para leiloar o imóvel veio após ele ser usado como garantia de empréstimos contraídos pela Capi-Penta International Football Player Ltda, empresa de Cafu.

O ex-atleta não negou a dívida, mas tentou evitar o leilão com o argumento de que era sua residência e que, como bem de família, não poderia ser expropriada, de acordo com a legislação.

A defesa de Cafu afirmou que o pagamento da dívida estaria garantido por outros imóveis de sua propriedade, mas o argumento não foi aceito pela Justiça paulista.

O desembargador Spencer Ferreira, relator do processo, no entanto, suspendeu um leilão previsto para ocorrer em setembro em razão de uma discordância sobre o valor de avaliação do imóvel, até então em cerca de R$ 27 milhões.

À época, segundo o leiloeiro, havia uma proposta de compra de cerca de R$ 27,4 milhões. Um novo laudo foi feito e a avaliação subiu para os R$ 40 milhões. Com isso, o leilão pôde, finalmente, ser realizado.

Houve uma primeira tentativa no fim de novembro, mas não surgiram interessados. A segunda tentativa, realizada com sucesso, terminou no dia 4 de dezembro. O valor obtido de R$ 25 milhões, no entanto, ficou menor do que aquele que havia sido oferecido em setembro antes de Cafu conseguir a suspensão do pregão original.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

“Eu não vim aqui atacar STF”, diz Malafaia ao indicar “engenharia do mal” para prisão de Bolsonaro

Declarado organizador do evento em apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o pastor Silas Malafaia apontou que não iria "atacar o STF". Em fala, neste domingo (25), Malafaia fez menção ao dito "plano" para a prisão do ex-presidente.    "Eu não vim aqui atacar STF porque quando você ataca, você é contra a República e o

Michelle na Paulista: “O assassinato da nossa reputação é diário”

São Paulo — A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) foi a primeira a discursar no ato convocado para este domingo (25/2) na Avenida Paulista, em São Paulo (SP), convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Emocionada, chorou ao falar com o público que chamou de “exército de Deus, de homens e mulheres, exército de patriotas que não desistem

Polícia Militar apreende drogas em Candeias

Policiais Militares da 10ª CIPM apreenderam drogas em Candeias, na manhã de sábado (24). Os oficiais realizavam patrulhamento na Rua Alto do Dendê, no bairro Santo Antônio, quando avistaram um homem em atitude suspeita, em posse de uma bolsa.   Após abordagem, os policiais encontraram 64 porções de cocaína, 38 pedras de crack e dinheiro