Antes de Aymeê, Fernanda Brum gravou música progressista e ninguem criticou

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O ano era 2010, quando Fernanda Brum lançou o álbum Gloria, e em uma de suas faixas surpreendeu o Brasil com a música Pavão Pavãozinho. A música composta pelo talentoso pastor Livingston Farias, protesta contra o abandono e a miséria do Brasil, sobretudo nas chamadas comunidades do Rio de Janeiro, como o conjunto de favelas que deu nome à canção.

Ao contrário do que muitos líderes religiosos defendem atualmente, a música cantada pela pastora defende que o Brasil precisa acreditar na justiça; “é a hora de crer mais nos tribunais, de exorcizar o mofo das prisões”.

Em outro trecho, a música fala sobre a miséria vivida pelos ribeirinhos do Amazonas e no sertão; “O que vi no agreste mineiro, o que vi no sertão, Nos ribeirinhos do Amazonas extrapolou”.

A música também faz um alerta aos políticos; “é a hora do senado acordar”, diz outro trecho da canção.

“Pavão Pavãozinho” surgiu bem antes de “Evangelho de Fariseus” de Aymeê Rocha, mas não foi rechaçada como a composição de Aymeê está sendo. Em um trecho da música da jovem compositora, ela chama a atenção para a crise na Ilha do Marajó e sobre as queimadas na Amazônia, mas está sendo apontada por vários pastores como uma canção progressista.

Leia a letra da música de Fernanda Brum:

PAVÃO PAVÃOZINHO
O que vi na Central do BrasilNo Pavão Pavãozinho, em Padre MiguelEu não vi em outro lugar, fora daquiFora com tanta misériaVou lá espantar o fantasma do caosE mandá-lo pra outro lugarPra casa de Apolion
O que vi no agreste mineiroO que vi no sertãoNos ribeirinhos do amazonasExtrapolou, extrapolou
É, é a hora do senado acordarÉ a hora desse povo sacudirÉ a hora da bondade dominarÉ, é a hora de crer mais nos tribunaisDe exorcizar o mofo das prisõesDe ver nossos velhinhos a cantar
Incoerência, imprudência e maledicênciaos que queriam pregarperdeu a inocênciaNo Palanque da injustiçaOnde o pobre passa fomeOnde o orfãoA viúva e o idoso não têm nome
Promessas esquecidas de outros carnavaisLembravam da igrejaAgora não lembram maisSeguiram no batuque dessa dinheradaPerderam a visãoAgora já não têm mais nada
Oe Oe Oe Oe OeCanta Brasil
Oe Oe Oe Oe OeAcorda Brasil

The post Antes de Aymeê, Fernanda Brum gravou música progressista e ninguem criticou appeared first on Fuxico Gospel.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Yudi foi evangelizar em Paris; isso é normal?

Quando dizem que esta geração vive um evangelho “nutella”, há quem se chateie, dê dislike e até xingue quem foi capaz de dizer uma blasfêmia dessas, mas quem fala, fala com razão. Esta semana, circulou em diversos veículos importantes de notícias gospel uma nota informando que o ator e cantor Yudi Tamashiro e sua esposa

Com Sarah Beatriz, Davi canta música gospel e toca guitarra na Globo

Davi Brito, o recente campeão do Big Brother Brasil 24, foi destaque no programa “É de Casa” da TV Globo neste sábado (20). Durante sua participação, ele demonstrou versatilidade não apenas cozinhando — um talento já conhecido por quem acompanhou sua trajetória no reality show —, mas também na música, ao cantar e tocar guitarra.

André Valadão fala pela primeira vez se houve “briga” no DT

O pastor André Valadão, líder da Lagoinha Global e um dos principais nomes do Diante do Trono, publicou na semana passada um vídeo respondendo à pergunta de um internauta que questionou: “André, é verdade que teve briga no Diante do Trono?”. Em sua resposta, André não foi específico em afirmar que sim ou negar que