‘Falou coisas sem provar, mas não tenho rancor’, diz Ximbinha sobre Joelma

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Mágoa? O guitarrista Ximbinha, 50, afirma que, em relação a Joelma, 49, com quem foi casado por 18 anos, essa palavra não existe. Com ela, formou a banda Calypso, que fez sucesso no páis todo entre 1999 a 2015.

Em entrevista à reportagem, o músico concorda em falar sobre a relação até hoje conflituosa com a ex-parceira e diz que, apesar de tudo, não liga em ter sempre seu nome atrelado ao dela. “Não guardo mágoa, ódio. Vou levando minha vida. Sei que ela falou coisas sem provar, mas no meu coração não tem espaço para rancor. Ela estava com espaço na mídia e eu preferi me calar. Com o tempo vem a verdade”, afirma.

Ximbinha foi alvo de acusações por parte de Joelma e o casamento chegou ao fim em 2016 após relatos de uma suposta relação abusiva que envolveria agressões e abusos psicológicos, com direito a boletim de ocorrência.

Ximbinha também conviveu com afirmações por parte dela de que teria traído a cantora, inclusive sendo chamado de “safado” em coro pela plateia de um show que ele e a então banda Xcalypso fez no Distrito Federal, em 2016, na estreia da nova vocalista. De lá para cá, ele já criou e encerrou algumas bandas.

“O que fizemos [na banda Calypso] foi um trabalho bonito, ficou na mente do povo. Ela [Joelma] tem o trabalho dela e eu o meu. Vou fazendo minha música e seja o que Deus quiser. A história vai ficar para sempre”, reforça.

Perguntado a respeito se um dia ele poderia voltar a ter uma relação amistosa com a ex-mulher, Ximbinha prefere deixar em aberto essa possibilidade. Entrega o futuro nas mãos de Deus “Ele é quem sabe” e comemora a boa relação, outrora estremecida, com os filhos.

“É a minha maior vitória. Pedia para tê-los de volta e fui abençoado”, afirma ele, sobre Yago, enteado que o chama de pai e mora com ele, e sobre Yasmin, filha “de sangue”, que vive com a mãe. Os dois são filhos de Joelma.

Ao longo dos últimos oito anos, o nome da cantora continua sendo associado a Ximbinha, e ele diz que quanto a isso, não tem o que fazer, além de seguir seu caminho na música -o que dando certo, garante. “Achava que esses admiradores eram só da Calypso, mas as pessoas gostam de mim, tenho fãs e nunca fiquei na linha de frente.”

Atualmente, Ximbinha tem uma banda e lançou o projeto “O Ás e as Damas”. Desse trabalho já saíram as músicas “Arranquei a Raiz” e “Ficar Sem Você”. No próximo dia 23, será a vez do lançamento de “Raio-x”. A ideia dele é partir em turnê pelo Brasil e gravar um DVD.

Quem cuida da carreira de Ximbinha atualmente é a atual esposa, Karen, 36, com quem o músico espera aumentar a família em breve. “Se Deus quiser, vem um bebezinho aí”, afirma.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Ministro Jader Filho avalia entrega do BRT e confirma novos investimentos e equipamentos para Salvador

O ministro das Cidades do Governo Federal, Jader Filho (MDB), participou, na manhã desta quinta-feira (25), da inauguração da última etapa do BRT de Salvador. Na ocasião, o ministro de Lula avaliou a entrega do novo modal capital baiana e disse que o meio de transporte vai beneficiar a população soteropolitana.    "Dizer que nós

Belo compartilha oração de força após mudar de mansão que mora Gracyanne

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Belo, 50, tem sido aberto sobre seus sentimentos enquanto enfrenta a separação de Gracyanne Barbosa, 40. Nesta quarta-feira (24), o cantor compartilhou seus stories um vídeo com uma oração para fortalecer quem sofre e a perspectiva de melhora. "Você precisou passar por coisas que te prepararam para outras maiores", dizia

Influenciadora viraliza ao postar vídeo sobre “mau cheiro” de europeus

A influencer Monique Escapeti está em Copenhage, na Dinamarca, e viralizou nas redes sociais ao fazer comentários sobre os cuidados pessoais dos europeus. No vídeo, a jovem aparece em um transporte público e apontou um mau cheiro vindo dos outros passageiros. Segundo Monique, apesar da boa aparência das pessoas, o fedor “ácido” estava muito forte.