Filho médico agradece apoio de Popó ao assumir-se gay: “Me acolheu”

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Acelino Popó Freitas recebeu uma homenagem do filho, Juan Freitas, que está se formando em medicina. O jovem, de 24 anos, rasgou elogios ao pai, falou sobre o passado simples do boxeador e destacou o apoio que recebeu dele em todas as fases de sua vida — inclusive quando revelou que é gay.

“Ele é um grande motivo de orgulho para o Brasil, para o mundo, pois foi com muita luta que ele conseguiu se consagrar Tetracampeão Mundial Unificado de Boxe e se tornar esse ídolo mundial, além de recordista por 29 nocautes consecutivo, com 41 vitórias de 43 lutas. Mas isso nem se compara a maior luta que ele já enfrentou: a pobreza”, escreveu Juan.

O estudante de medicina contou que o pai dormiu no chão de casa até os 23 anos de idade, lutou contra a fome e contra todas as dificuldades que a vulnerabilidade social poderia trazer.

“Meu pai é motivo de muito orgulho. Quem o conhece, sabe a pessoa que ele é. Mesmo com todas as adversidades da vida ele manteve a fé, a garra, a determinação e a humildade. Ele transformou a realidade de toda a minha família e nos permitiu acreditar em um futuro melhor. Quando, durante a minha adolescência, tive o meu direito de me ‘assumir’ violado, sem a minha permissão e o meu consentimento, no maior momento de dor e incerteza na minha vida, ele me acolheu como ninguém e não virou as costas “, declarou. 

Segundo Juan, Popó cumpriu com a obrigação de amá-lo e de respeitá-lo independente de qualquer coisa. “Quando ele me abraçou por ser quem eu sou,  finalmente nos conectamos como pai e filho. Foi de tamanha hombridade essa atitude que, sem isso, eu não chegaria tão longe. Nossa relação foi marcada por altos e baixos, mas tudo o que passamos foi para nos fortalecer e chegarmos a esse momento. O que passou foi perdoado e o que está por vir será celebrado”.

Por fim, o herdeiro de Popó agradeceu ao pai pela oportunidade de se formar como médico. “O senhor é provedor disso e me prometeu viver o meu propósito, nunca desistiu ou mediu esforços em persistir na minha educação. Obrigado por ter confiado em mim, nas minhas escolhas, na minha jornada. Eu não estaria aqui se não fosse por você. Carregarei esse nome com muita honra”.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

A Grande Conquista 2 começa com desclassificação e desistência em três dias

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Grande Conquista 2 começou na última segunda-feira (22) e nem precisou de brigas para entregar desistências e desclassificações. Antes mesmo de o primeiro episódio ser exibido, a participante Ysani Kalapalo foi impedida de entrar na competição após receber diagnóstico positivo para Covid-19. "É com tristeza que informamos que Ysani

Arquidiocese apresenta projeto de reforma para a Catedral de Brasília

A Arquidiocese de Brasília lançou uma campanha para a restauração da Catedral de Brasília, na noite de quarta-feira (24/4). Tombada como patrimônio cultural mundial, a principal sede da Igreja Católica no Distrito Federal recebe 3 milhões de visitantes anualmente, mas está há 12 anos sem manutenção. Veja: O projeto pretende transformar o tempo em um

‘Espero um milagre’, diz Céline Dion em 1ª entrevista sobre doença rara

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Céline Dion, 56, falou com a Vogue França sobre sua doença rara. É a primeira entrevista da cantora desde que recebeu o diagnóstico de Síndrome da Pessoa Rígida (SPR). A famosa sofre de um condição neurológica rara. Os principais sintomas são espasmos musculares e rigidez do corpo. Na entrevista, Céline revelou