Homem mata o pai, o irmão e mais 10 familiares no Irã

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Um homem matou, no sábado, 12 familiares na província de Kerman, no Irã, devido a disputas familiares. 

Entre as vítimas estão o pai e o irmão do atirador, de 30 anos, segundo revelou o chefe do departamento de justiça de Kerman, Ebrahim Hamidi. De acordo com a Associated Press, o homem usou uma arma Kalashnikov para realizar o ataque.

Os tiroteios costumam ser frequentes nas províncias rurais do Irã, já que os cidadãos estão legalmente autorizados a usarem rifles de caça. No entanto, este é o ataque mais mortal no país.

Nos últimos anos, a violência aumentou no Irã devido à deterioração econômica agravada pelas sanções norte-americanas, que ajudaram a desencadear uma inflação galopante e a aumentar o desemprego. 

Leia Também: Condenado por feminicídio, suspeito ataca ex-sogra e deixa mensagem

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Bebê é retirada viva do ventre da mãe morta em ataque aéreo em Gaza

Uma recém-nascida palestina foi salva do ventre da mãe, que foi morta num dos ataques aéreos israelitas durante a noite de sábado contra a cidade de Rafah, no sul da Faixa de Gaza, que matou 13 pessoas, incluindo nove crianças. A mulher grávida, Sabreen Al-Sheikh, perdeu a vida juntamente com o seu marido Shokri e

Dois helicópteros da Marinha do Japão caem no oceano e deixam um morto e sete desaparecidos

Dois helicópteros da Marinha do Japão, transportando oito tripulantes, caíram no Oceano Pacífico durante um voo noturno de treinamento na madrugada deste domingo, 21. O incidente ocorreu quando os helicópteros SH-60K da Força de Autodefesa Marítima perderam contato perto da ilha de Torishima, aproximadamente 600 quilômetros ao sul de Tóquio. O Ministro da Defesa do

Equador vai às urnas em referendo que pode reforçar segurança em meio a espiral de violência

Os equatorianos vão às urnas neste domingo (21), para um referendo que pode mudar a maneira que o Equador luta contra o narcotráfico em meio a uma espiral de violência nos últimos anos. A maioria das 11 perguntas feitas aos eleitores no referendo se concentra no reforço das medidas de segurança. As propostas incluem a mobilização