Na estreia de António Oliveira, Corinthians quebra sequência de derrotas e vence Portuguesa

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto
fotografia 1 6

O Corinthians voltou a vencer no Campeonato Paulista após cinco derrotas seguidas ao fazer 2 a 0 na Portuguesa neste domingo, 11, na Neo Química Arena. A vitória começou com um gol de pênalti, feito por Maycon, após infração marcada sem titubear pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira em jogada de Fagner pela direita. No segundo tempo, Yuri Alberto provou que não é “burro”, como dizia Mano Menezes, e marcou o segundo, tirando o time das últimas colocações do Paulistão e empurrando a Lusa para o buraco. Mesmo ganhando depois de cinco rodadas, o Corinthians mantém a lanterna do seu grupo, o C, com seis pontos em sete partidas. A fase de classificação tem 12 jogos. A Lusa amarga sua quinta derrota seguida. O time tem três pontos no Grupo A. A Portuguesa tem agora uma sequência de três partidas no Canindé.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

STJ marca data do julgamento de Robinho

A data para o julgamento de Robinho no Brasil foi marcada para o dia 20 de março pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele foi sentenciado em última instância a nove anos de prisão na Itália pelo crime de estupro contra uma mulher da Albânia em uma boate em Milão, em 2013. A pedido da

Vitor Pereira rebate críticas de Fábio Santos e o chama de ‘covarde’: ‘Tem que me agradecer’

O técnico Vitor Pereira chamou o lateral-esquerdo recém-aposentado Fábio Santos de covarde ao rebater as declarações do ex-jogador sobre o período em que trabalharam juntos no Corinthians. “Andou oito meses sorrindo para mim e para minha comissão técnica, de aparente boa relação com todos. E vem agora, após esse tempo todo, dar essa entrevista covarde. Pois

Thiago Wild vence filho de argentino que eliminou Brasil na Copa de 90

O tenista brasileiro Thiago Wild estreou com maestria no Torneio de Santiago, no Chile, nesta terça-feira, 27. O tenista desqualificou o argentino Roman Andrés Burruchaga em sets corridos, com um duplo 6/4. Roman é filho do meia-atacante Jorge Burruchaga, campeão mundial em 1986 e que contribuiu para a derrota da seleção brasileira na Copa do