Projeto apresentado por Capitão Alden busca aumentar pena para quem faz denunciação caluniosa

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Já está tramitando na Câmara dos Deputados o primeiro projeto apresentado pelo deputado Capitão Alden (PL-BA) neste ano de 2024. O projeto do deputado baiano – o Pl 98/2024 – tem como objetivo alterar o Código Penal para estabelecer o aumento de pena na conduta tipificada como “Denunciação Caluniosa” que envolva ambiente familiar de coabitação.

 

O deputado Capitão Alden afirma que apresentou a medida para que a legislação brasileira possa ser mais justa ao buscar coibir quem faz denúncias falsas. O projeto prevê em seu texto aumento da pena em “?”, caso a imputação ocorra em relações onde haja ou tenha havido coabitação.

 

Na justificativa do seu projeto, o deputado do PL baiano afirma que no transcurso penal das ações observou-se que muitas das denúncias, após as apurações, são consideradas falsas, acarretando prejuízos morais aos acusados e prejuízo ao Estado que investe nas investigações. O deputado diz ainda que, em muitos casos, as denúncias vazias incorrem também no art. 340 do Código Penal, pela falsa comunicação de crime.

 

“O que se propõe é que ao final da investigação penal, caso seja configurada a conduta do artigo 339 do Código Penal (Denunciação Caluniosa) que seja aplicada uma causa de aumento de pena em 2/3 da pena base, caso esta denunciação caluniosa envolva ambiente familiar de coabitação”, afirma Capitão Alden em seu projeto.

 

O deputado federal pela Bahia diz ainda que, em pesquisas recentes, “a jurisprudências de tribunais no País mostra a utilização das leis, importantíssimas ao Brasil no tocante à proteção da mulher e das crianças como instrumento de vingança. Assim sendo a presente alteração legal tem o objetivo de coibir tais condutas”, explica. 
 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Acusado de estuprar a enteada em Alagoas é preso em ônibus em Feira de Santana

A Polícia Civil de Alagoas, por meio das equipes do 100º e 101º DP, Pindoba/Maribondo, em ação integrada com a Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar da Bahia, cumpriu mandado de prisão expedido pela comarca de Maribondo em Alagoas, contra um homem de 27 anos na noite da última sexta-feira (19), pelo crime de estupro

Show de pagode em BH acaba com homem morto e sete pessoas baleadas

Um show de pagode na Academia Cultural Comunitária, em Ibirité, Belo Horizonte (MG), terminou com um homem de 27 anos morto e outras sete pessoas baleadas. Um suspeito teria entrado no local e disparado uma série de tiros. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, divulgado pelo portal G1, a vítima foi

STJ elege nova presidência para biênio 2024-2026 na próxima terça-feira

Na próxima terça-feira (23), o Pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ) vai realizar a eleição para escolha dos ministros que irão ocupar os cargos de presidente e vice-presidente da Corte no biênio 2024-2026. A sessão está marcada para às 10h. Os eleitos assumirão os lugares da ministra Maria Thereza de Assis Moura e do