Tarcísio elogia Justiça Eleitoral ao lado de Moraes às vésperas de ato de Bolsonaro

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Às vésperas de participar de ato com Jair Bolsonaro (PL) na avenida Paulista, Tarcísio de Freitas (Republicanos) elogiou nesta sexta-feira (23) a Justiça Eleitoral em evento com presença do presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes.

A fala aconteceu durante posse dos novos presidente e vice-presidente do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), que acompanharão as eleições de 2024.

Moraes, que atua em inquéritos que envolvem Bolsonaro, é alvo do frequente dos protestos bolsonaristas. O ex-presidente, por exemplo, convocou o ato de domingo (25) para se defender em caso de apurações da Polícia Federal sobre eventual participação dele na tentativa de um golpe de Estado para se manter no poder.

Tanto o ministro do STF quanto Tarcísio, afilhado político de Bolsonaro, se trataram com cordialidade com cumprimentos mútuos em seus discursos.

Tarcísio citou três desafios do Estado democrático de Direito: representatividade, garantia da segurança jurídica e promoção da justiça social.

“Seguramente, a Justiça Eleitoral garante os três desafios, garante a representatividade, a segurança jurídica, garante a promoção da justiça social por meio da representação soberana do voto, da vontade popular, por meio das eleições”, disse, acrescentando que o estado auxiliará nos temas.

Já Moraes elogiou o papel da Justiça Eleitoral ao longo de 92 anos de existência, com a ajuda da concretização da democracia no Brasil. “O que importa é que, a cada dois anos, desde a redemocratização, o Brasil tem eleições, livres, seguras, transparentes e a garantia que o eleitor e a eleitora tenham liberdade na hora de votar e a certeza que voto que digitou na urna eletrônica é o voto que vai ser computado”, disse.

O evento também contou com a presença dos ministros do STF André Mendonça, Dias Toffolli e Cristiano Zanin. Além disso, compareceram o ministro da Justiça, Ricardo Lewandovski, e das Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

O prefeito Ricardo Nunes (MDB), outro que deve comparecer ao ato, também esteve presente.

No TRE, o novo presidente é Silmar Fernantes, que está na magistratura desde 1988 e virou desembargador em 2016. Ele já ocupou a vice-presidência do TRE.

O vice-presidente é José Antonio Encinas Manfré, na magistratura desde1985. Desembargador desde 2012, ele também já atuou no TRE.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Brasil precisa de mais testosterona, diz Nikolas Ferreira em ato pró-Bolsonaro no rio

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) disse que o Brasil precisa de "mais testosterona" e negou a necessidade de mais projetos de lei e emenda. Num discurso de pouco mais de cinco minutos, Nikolas fez ataques ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e elogiou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o pastor Silas Malafaia.

Reportagem especial do Globo Repórter mostra o local onde os primeiros portugueses chegaram ao Brasil

O sul da Bahia e suas belezas são mostradas nessa reportagem que foi ao ar na última sexta-feira, dia 19 de abril, em comemoração aos 524 anos do Brasil e do primeiro contato dos portugueses com os povos originários. A reportagem tenta percorrer os passos...

Veto de Lula ao projeto da ‘saidinha’ será incluído na sessão de quarta, diz líder do governo

O líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), disse que o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao projeto de lei das saídas temporárias dos presídios estará na pauta da sessão do Congresso Nacional da semana que vem.   Segundo o líder do governo, todos os vetos que já foram