Trump vence primárias republicanas na Carolina do Sul, estado natal de Haley

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos
000 34g96a6

O ex-presidente Donald Trump conquistou a vitória nas primárias presidenciais republicanas da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, derrotando a opositora de partido Nikki Haley em seu estado natal. Com mais de 85% dos votos tabulados, Trump venceu por 59,9% a 39,4%. As vitórias anteriores do ex-mandatário em Iowa, New Hampshire e Nevada já o colocavam como favorito para representar o partido nas eleições presidenciais contra o atual presidente e provável candidato à reeleição Joe Biden, do Democratas. Em um discurso para seus apoiadores, o Trump se projetou como candidato às eleições gerais, sem mencionar Haley. Enquanto isso, a republicana prometeu continuar na corrida, destacando que 40% dos votos não são suficientes para desistir. Ela planeja permanecer na disputa pelo menos até 5 de março, quando mais delegados serão definidos em 15 estados.

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Cavalos fogem do Palácio de Buckingham, ferem pessoas e danificam carros

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dois cavalos fugiram do Palácio de Buckingham e percorreram pelo menos 8 km de distância durante duas horas até serem capturados. Segundo a BBC, os animais feriram quatro pessoas e danificaram alguns carros estacionados. A polícia foi acionada após dez minutos da saída deles. A fuga aconteceu durante um exercício

Comediante expulsa mãe que amamentava bebê durante espetáculo

O comediante norte-americano Arj Barker gerou polêmica ao pedir a uma mãe que estava amamentando seu bebê de sete meses para deixar um espetáculo durante o Festival Internacional de Comédia de Melbourne, na Austrália. A atitude do humorista desencadeou um intenso debate sobre os direitos das mães e dos artistas em espaços públicos. Arj Barker

Pais são acusados de agredir gêmeas de cinco semanas até à morte

O casal Angelina Belinda Calderon e Fernando Vega, ambos com 21 anos, chocou a comunidade de Houston, no Texas, ao ser acusado de agredir fatalmente suas duas filhas gêmeas de apenas cinco semanas de idade. O trágico acontecimento deixou  todos consternados. Após a morte das crianças, o casal criou uma página de arrecadação de fundos