Ex-cantora gospel contratada pela Sony abre perfil no Privacy

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

A ex-cantora gospel Stefani Cristina anunciou em suas redes sociais que abriu um perfil no site de conteúdo adulto, Privacy. Ela ganhou notoriedade em 2018 ao ser descoberta cantando gospel em uma barraca de peixe, onde trabalhava com os pais. A jovem também chegou a participar do programa “Domingo Show” de Geraldo Luís e emocionou a todos.

Em outubro de 2021, após ter passado pela Sony Music Gospel, Stefani anunciou que deixaria o mercado cristão. Dois meses depois, ela lançou a música “Mina de Favela”, um funk que carimba seu passaporte na música secular.

A mãe de Stefani revelou que criou a cantora na igreja, mas, apesar da escolha dela em cantar secular, continua apoiando-a nesta nova fase.

Stefani Cristina @Reproducao 1

Stefani Cristina – @Reprodução

The post Ex-cantora gospel contratada pela Sony abre perfil no Privacy appeared first on Fuxico Gospel.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

‘Estudar virou pecado; não pode estudar hoje, não pode ler livros’, diz Haddad

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que não vê problema em continuar estudando e em ter tempo para ler seus livros. "Estudar virou pecado no Brasil, você não pode hoje ler livro e estudar. Eu quero estudar, porque eu tenho a chance de ter aula. Eu gosto de ser estudante, eu acho legal continuar

“Solidariedade às mulheres e crianças que estão morrendo na Palestina”, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu "solidariedade às mulheres e crianças que estão morrendo na Palestina". Durante cerimônia de inauguração de obras viárias na rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos (SP), Lula afirmou: "mulheres e crianças estão morrendo na Palestina por conta da irresponsabilidade do governo de Israel". "Não podemos nos calar diante das

‘Esta semana fiquei nervoso porque vi o preço do arroz muito caro no supermercado’, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse no sábado, 25, que ficou "nervoso" e "um pouco irritado" esta semana por conta do preço do arroz no supermercado. O petista citou a decisão do governo de destinar R$ 6,7 bilhões para a importação do produto, que será comprado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). "Esta