FGTS digital começa a funcionar nesta sexta-feira; entenda a mudança

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto
fta20230718061

O FGTS Digital, uma nova forma de recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, começa a funcionar nesta sexta-feira, 1. A plataforma utilizará dados do eSocial para emitir guias digitais de pagamento, trazendo mais praticidade aos trabalhadores. Como o site da Jovem Pan antecipou, uma das novidades é a escolha do Pix como método de pagamento, o que promete trazer maior agilidade ao processo. Com a nova plataforma, será possível emitir guias de pagamento de forma rápida e personalizada, consultar extratos de pagamentos realizados, individualizar os extratos de pagamento e verificar débitos em aberto.

A iniciativa do Ministério do Trabalho e Emprego visa facilitar o acesso dos trabalhadores às informações relacionadas ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Além disso, as guias de pagamento do FGTS poderão ser emitidas tanto no portal do FGTS Digital quanto na tela do ambiente web do eSocial. O projeto conta com a colaboração de diversos órgãos, como o Ministério da Fazenda, Ministério da Gestão e Inovação, Conselho Curador do FGTS, Serpro e Caixa Econômica Federal.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Software capaz de gerar lucros de até R$ 538 por dia será liberado em breve; veja como ter acesso

A maior casa de análise financeira independente do Brasil se uniu a um dos maiores nomes do day trade para lançar uma ferramenta inédita. Trata-se de um software (programa semelhante a um aplicativo, mas utilizado em computadores) capaz de gerar até R$ 538,02 por dia , mesmo errando mais da metade das operações em que

Conselho da Petrobras decide liberar metade dos dividendos extraordinários retidos

O Conselho de Administração da Petrobras decidiu liberar metade dos dividendos extraordinários que estavam retidos, em reunião realizada na sexta-feira (19). A autorização para distribuir 50% do valor aos acionistas foi confirmada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A proposta de pagamento dos 50% restantes ainda será submetida à aprovação em Assembleia Geral Extraordinária

Emae é vendida por R$ 1 bi em primeira privatização do atual governo de SP

A estatal Emae (Empresa Metropolitana de Águas e Energia) foi arrematada, nesta sexta-feira (19), no primeiro leilão de privatização do governador do Estado de São Paulo Tarcísio de Freitas pelo Fundo Phoenix, administrado pela Trustee DTVM,  na B3, em São Paulo. O Fundo Phoenix, que tem entre seus cotistas o empresário Nelson Tanure, arrematou a