Hamas afirma que bombardeios de Israel em Gaza mataram ao menos sete reféns

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos


refens gaza

O movimento islamista palestino Hamas afirmou nesta sexta-feira, 1, que outros sete reféns capturados em 7 de outubro no sul de Israel e mantidos na Faixa de Gaza morreram por bombardeios israelenses. “Confirmamos o martírio de vários dos nossos mujahidin (combatentes) e a morte de sete prisioneiros inimigos na Faixa de Gaza como consequência dos bombardeios sionistas (israelenses)”, diz um comunicado atribuído a um porta-voz do braço militar do Hamas, as Brigadas Ezzedin Al-Qasam.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Em seu ataque ao sul de Israel em 7 de outubro, o Hamas capturou cerca de 250 pessoas, segundo autoridades israelenses. Uma trégua de uma semana no final de novembro permitiu a troca de uma centena de reféns por 240 prisioneiros palestinos, e Israel estima que cerca de 130 pessoas ainda estão em cativeiro em Gaza. Antes do anúncio do Hamas, Israel indicava que entre os reféns capturados, 31 haviam sido mortos, incluindo seis soldados.

O comunicado do movimento islamista afirma que o número de reféns mortos em bombardeios israelenses “pode ter ultrapassado” agora os 70. O conflito eclodiu após o ataque do Hamas em Israel, no qual os combatentes mataram cerca de 1.160 pessoas, a maioria civis, de acordo com uma contagem da AFP com base em dados israelenses. Em resposta, Israel lançou uma operação aérea e terrestre em Gaza que, segundo o Ministério da Saúde do território governado pelo Hamas, já deixou ao menos 30.228 mortos, a maioria mulheres e crianças.

*Com informações da AFP

 

 

 

 

 

 

 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

‘Veredicto real será divulgado em 5 de novembro’, diz Trump após ser condenado em Nova York

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, considerou sua condenação por fraude contábil como uma de ‘desgraça’ e disse que o ‘veredicto real’ será divulgado em 5 de novembro, disse o republicano, fazendo alusão ao dia das eleições, na saída do tribunal. “Foi um julgamento armado, desonrado. O veredicto real será dado em 5 de

Parlamento da Espanha aprova em definitivo lei de anistia para separatistas da Catalunha

O Congresso da Espanha aprovou, em definitivo, nesta quinta-feira (30), a lei de anistia que irá beneficiar os independentistas indiciados ​​por sua participação no processo de autodeterminação da Catalunha. A lei foi aprovada com 177 votos a favor contra 172 na Câmara Baixa, com o conservador Partido Popular e o partido de extrema direita Vox

Vulcão islandês cospe lava a 50 metros de altura em nova erupção

Um vulcão na Islândia entrou novamente em erupção, marcando a quinta vez desde dezembro. A erupção ocorreu na península de Reykjanes, onde vivem cerca de 30.000 pessoas, ao sul da capital Reykjavik. O evento começou no início da tarde desta quarta-feira, após uma série de terremotos ao norte de Grindavik, uma cidade pesqueira com 3.800