Heleno ‘ficou atônito e desconversou’ ao receber negativa de golpe, diz ex-comandante da FAB

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Em depoimento à Polícia Federal, o ex-comandante da Aeronáutica, brigadeiro Carlos Almeida Baptista Júnior, relatou encontro entre com General Heleno, ex-ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), em São José dos Campos (SP) durante formatura no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

De acordo com Baptista Júnior, Heleno ficou “atônito” e “desconversou” ao receber uma negativa de tentativa de golpe do principal nome da Força Área Brasileira (FAB). Procurado diretamente e por seu advogado, Heleno não havia dado uma resposta ao Estadão até a publicação deste texto. O espaço está aberto.

A defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro também foi procurada, mas não respondeu.

O encontro ocorreu, segundo documento da PF, no dia 16 de dezembro de 2022, quando o atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva já havia vencido o pleito daquele ano. A conversa entre Heleno e Baptista Júnior começou quando o ex-chefe do GSI perguntou se o ex-comandante poderia reservar um assento para ele em voo da FAB para retornar às pressas a Brasília por determinação do então presidente Jair Bolsonaro. Heleno estava na formatura de seu neto e tentou convencer Bolsonaro a desistir da convocação pessoal, o que foi negado pelo ex-presidente, segundo o documento.

No depoimento tornado público pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, Baptista Júnior disse que foi nesse momento que levou Heleno para uma sala reservada e afirmou “categoricamente” que a FAB não “anuiria com qualquer movimento de ruptura democrática”. Ele disse ainda ter pedido a Heleno para levar o recado para Bolsonaro, que havia convocado reunião às pressas e em um fim de semana.

O então comandante da FAB não foi convocado para se reunir com o então presidente da República. Heleno então “ficou atônito e desconversou”, de acordo com Baptista Júnior, que pilotou o avião da FAB em retorno à capital federal. O ex-chefe do GSI esteve no voo, mas o assunto não voltou a ser tratado.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Seleção brasileira feminina de vôlei vence Holanda na Liga das Nações

A seleção brasileira feminina de vôlei derrotou a Holanda, por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 20/25, 25/20 e 25/18, nesta quinta-feira (30), em Macau, na China. Foi a sexta vitória consecutiva na Liga das Nações. O Brasil está invicto na competição, depois de quatro vitórias na primeira no Rio de Janeiro, com

Lula admite não ter base contra pauta de costumes e fará reunião semanal com líderes após derrotas

(FOLHAPRESS) - As derrotas sofridas pelo presidente Lula (PT) na sessão do Congresso Nacional nesta semana ampliaram o diagnóstico do petista e de sua equipe de que o governo não tem base para conseguir vitórias na chamada pauta de costumes defendida pelo bolsonarismo. A avaliação foi feita pelo próprio chefe do Executivo em reunião nesta

Paulinho recebe homenagens em emotivo adeus ao Corinthians

Ao lado dos quatro troféus conquistados na vitoriosa passagem pelo Corinthians, com destaque para a Libertadores e o Mundial de 2012, e com a família presente, o volante Paulinho se despediu do clube nesta quarta-feira (29). O jogador que deu alegrias à torcida recebeu homenagens pelas 219 partidas disputadas e 40 gols anotados e se