Homem com autismo que se perdeu em Salvador já está com a família, afirma Polícia Civil

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O homem de 35 anos, diagnosticado com autismo, que havia se perdido do pai já está com a família. A confirmação foi dada ao Bahia Notícias pela Polícia Civil que, desde quando o homem foi encontrado pela Guarda Municipal, na tarde desta sexta-feira (15), iniciou as buscas pelos familiares do rapaz.

 

De acordo com o g1, o homem se identificou como Guilherme Alexandre Souza Vasconcelos e informou aos policiais que tem o grau dois do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Ele foi apresentado na 14ª Delegacia, na Barra, após ser localizado na Rua Augusto Frederico Schmith, no mesmo bairro.

 

A delegada Mariana Ouais, responsável pela delegacia da Barra, informou que a polícia foi até alguns locais da capital baiana para descobrir se a família de Guilherme o havia procurado. Os agentes foram até hospitais, unidades de pronto atendimento (UPAs) e até em um shopping, antes de localizar os familiares de Guilherme.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Senador Jaques Wagner e presidente do PT Bahia apoiam pré-candidatura de Assis do PT em Conceição do Coité

O senador Jaques Wagner e o presidente do PT Bahia, Éden Valadares, marcaram presença no lançamento da pré-candidatura do PT à prefeitura de Conceição do Coité, neste domingo (26), para apoiar Francisco de Assis, conhecido como Assis do PT, que concorrerá ao cargo. Assis já exerceu o cargo de prefeito do município de 2013 a

Número de adolescentes baleados em Salvador e RMS neste ano sobe para 24

Salvador e Região Metropolitana (RMS) têm sido cenário de uma onda de violência armada envolvendo adolescentes. Neste sábado (25), um adolescente, identificado como Rian Kaique, de 15 anos, foi vítima de múltiplos disparos na cabeça enquanto estava sentado em um banco na frente de uma residência na Rua Borges de Barros, no bairro de Imbassaí

Vídeo: após urinar na rua, delegado é desarmado em briga com morador

São Paulo — Um novo vídeo mostra a sequência da discussão que começou após o delegado Fernando Henrique Justino, de 37 anos, urinar em frente a um comércio, no Belém, na zona leste de São Paulo, na última sexta-feira (24/5). Ele foi baleado por um policial militar de folga logo em seguida. Nas imagens de