Idoso morre após overdose de Vitamina D. Veja a dose máxima diária

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Um caso trágico na Inglaterra serve como alerta sobre os perigos da overdose de vitamina D. O aposentado David Mitchener, de 89 anos, faleceu em maio de 2023 após consumir quantidades excessivas da vitamina por meses.

Relatórios de autópsia obtidos pelo Daily Mail revelam que Mitchener apresentava níveis de vitamina D jamais vistos em suplementos comercializados. A ingestão diária recomendada é de no máximo 4 mil UI, mas o idoso consumia doses muito superiores.

A vitamina D, essencial para a saúde óssea, está diretamente relacionada ao metabolismo do cálcio. Quando há excesso da vitamina, o cálcio se acumula no sangue, tornando-se tóxico. Se não for tratado a tempo, o quadro pode ser irreversível, levando à morte de tecidos e artérias.

Mitchener ficou internado por 10 dias antes de falecer. Os sintomas da intoxicação por vitamina D incluem problemas digestivos, sede e micção frequentes, confusão mental e desmaios.

A vitamina D é produzida pelo organismo quando exposto à luz solar, mas também pode ser obtida através da alimentação e de suplementos. A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) recomenda cautela no uso de suplementos.

A dose ideal varia de acordo com diversos fatores, como idade, exposição solar e coloração da pele. Para adultos, a SBEM recomenda doses de 400 a 2 mil UI por semana, enquanto para idosos, a dose varia entre 1 mil e 2 mil UI por dia ou 7 mil a 14 mil UI por semana.

A família de Mitchener não forneceu detalhes sobre os sintomas que ele apresentava. O caso serve como um alerta para os riscos da automedicação e da superdosagem de vitaminas e suplementos.

Leia Também: Quatro alimentos que ajudam a aumentar os níveis de vitamina D

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Colisão de helicópteros deixa pelo menos um morto e desaparecidos no Japão

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Uma pessoa morreu e pelo menos sete estão desaparecidas após dois helicópteros militares colidirem no Japão. A colisão ocorreu a 270 quilômetros da Ilha de Toshima, no Oceano Pacífico, no sábado (20). Quatro pessoas estavam em cada helicóptero, segundo a agência de notícias NHK. Os helicópteros, modelo SH-60K, são da

Ataques israelitas em Rafah matam 13 pessoas

Israel tem efetuado ataques aéreos quase diários a Rafah, onde mais de metade da população de Gaza, 2,3 milhões de habitantes, procurou refúgio dos combates em outros locais. O primeiro ataque matou um homem, a mulher e o filho de 3 anos, segundo o Hospital do Kuwait, que recebeu os corpos. A mulher estava grávida

Jovem é detido por apontar laser em helicóptero da polícia nos EUA; vídeo

Um jovem de 13 anos está sendo acusado de um crime após ter apontado um laser a um helicóptero da polícia, na última quinta-feira, na Florida, nos Estados Unidos. O rapaz admitiu ter sido uma ação intencional, uma vez que estava "entediado". O helicóptero sobrevoava a área da 7th Street Northwest e da 11th Avenue