Imagem mostra estrago em “perna” após pouso problemático na lua

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O módulo privado Odysseus, da Intuitive Machines, encarou uma série de desafios ao pousar na Lua no dia 22 de fevereiro, incluindo uma ou mais pernas quebradas. Apesar das dificuldades, a sonda tocou a superfície lunar, marcando o primeiro pouso de uma espaçonave norte-americana desde a Apollo 17 em 1972.

Durante a descida, o Odysseus teve problemas com seu sistema de navegação. Acelerando mais do que o previsto, ele acabou pousando em uma região com relevo mais alto do que o planejado.

“Batemos com mais força e derrapamos um pouco”, disse Steve Altemus, CEO e cofundador da Intuitive Machines, em uma coletiva de imprensa. O impacto danificou o equipamento de pouso, quebrando uma ou duas pernas da sonda.

Mesmo com as pernas quebradas, o Odysseus pousou na posição vertical. Mas a alegria durou pouco. A inclinação de 12º do terreno lunar fez com que a sonda tombasse e se estabilizasse a 30º da horizontal. Seus tanques e outras peças servem de apoio, impedindo que ela caia completamente.

A inclinação também atrapalhou a comunicação com a Terra. A antena principal do Odysseus ficou bloqueada, impedindo a comunicação normal. Além disso, a posição da sonda bloqueou parte da luz solar, reduzindo a energia disponível.

Felizmente, outras antenas do lander enviaram fotos e dados para a Terra. A Intuitive Machines planejava desativar o Odie na quarta-feira (28) com a chegada da noite lunar, mas parece que a missão continua.

“Ainda trabalhando, o Odysseus continua operando na superfície lunar”, escreveu a equipe em uma publicação no X (antigo Twitter) nesta quinta-feira (1º).

 

Leia Também: SpaceX lança módulo lunar privado em missão apoiada pela NASA

Leia Também: Estados Unidos realizam 1º pouso na Lua após mais de 50 anos da Apollo 17

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Nova atualização da Nothing chega com integração do ChatGPT

A Nothing lançou oficialmente uma nova atualização para o seu mais recente aparelho celular - o Nothing Phone (2), que chegou oficialmente às lojas em julho de 2023. O dispositivo, que foi lançado com o Android 13 pré-instalado, já recebeu o Android 14 e tem agora direito à mais recente versão (a NothingOS 2.5.5). A

‘Cometa do Diabo’ poderá ser visto hoje em todo o Brasil

O cometa 12P/Pons-Brooks, mais conhecido como "Cometa do Diabo", poderá ser visto no Brasil e no restante do Hemisfério Sul neste domingo (21). O objeto demora cerca de 71,3 anos para completar uma volta em torno do Sol. No dia 21 de abril, ele ficará mais visível, pois estará no ponto mais próximo do Sol. Desde o dia 7 de abril

Empresa não é local para debater política, diz CEO da Google

Um dia depois de ter sido tornado público o despedimento de 28 funcionários da Google que protestaram contra um contrato da empresa com Israel, o CEO da empresa, Sundar Pichai, deixou uma mensagem de aviso aos trabalhadores. “Isto é um negócio e não um lugar para agir de uma forma que perturba os trabalhadores ou