Jerônimo diz que não interferiu em retirada de Fabrício Falcão em disputa ao TCM: “Estou muito tranquilo”

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) comentou, nesta sexta-feira (1º), sobre a insatisfação do PCdoB com a não disputa do deputado estadual Fabrício Falcão à vaga de conselheiro no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA). O partido emitiu um comunicado e chamou o episódio de “lamentável desrespeito”.

 

Na nota, assinado pela bancada do PCdoB na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o partido afirmou que a indicação de um nome por parte dos comunistas fazia parte de um compromisso do governo do Estado firmado após a eleição anterior para o TCM, quando Fabrício retirou sua candidatura para atender um “apelo para o apoio a Aline Peixoto”, esposa do ministro Rui Costa (PT). 

 

Durante entrevista à imprensa, na assinatura de ordem de serviço para a reforma do Teatro Castro Alves (TCA), o governador disse estar “muito tranquilo” com o assunto e apontou que a decisão cabia à AL-BA. 

 

“Sobre o TCM, eu estou muito tranquilo. Não tem outro comportamento que não sei botar na mesa. É uma escolha da Assembleia, é uma vaga da Assembleia. Desde o começo eu falei: ‘vou respeitar’. É princípio. Vou respeitar a vaga da Assembleia e começar as tentativa dos partidos. 

 

Jerônimo afirmou ainda que em momento nenhum se posicionou e se colocou a favor de algum candidato. 

 

“Em momento algum o governador se colocou a posição em nome de um ou de outro candidato. Houve essas movimentações partidárias, acho do tamanho do PCdoB dizer que justifica ter um deputado um parlamentar como o Fabrício que eu conheço e respeito, mas o governador não interferiu diretamente. A minha palavra primeira foi sobre o movimento da Assembleia. Não dialoguei com os candidatos sobre isso e conversei com o Fabrício, conversei com PCdoB quando já recebi. Eles colocaram a mesa esse tema e não conversei de interesses com o presidente da Assembleia que movimento seria, mas estou tranquilo sobre isso”, revelou.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Deputado propõe criação de hospital veterinário na Uneb de Barreiras

  O deputado Antonio Henrique Jr. (PP), através de indicação encaminhada pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), requereu a construção de um Hospital de Medicina Veterinária, no Campus IX da Uneb, em Barreiras. A solicitação foi endereçada ao governador Jerônimo Rodrigues.   O parlamentar destacou que a implantação do Departamento de Ciências Humanas (DCH) da

Marcelo Serrado relata crise de pânico em voo

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Marcelo Serrado usou as redes sociais para alertar seus seguidores sobre a importância de procurar ajuda médica quando os primeiros sinais de esgotamento mental aparecerem. Ele deu como exemplo as crises de ansiedade e pânico que viveu há dois anos, e contou que a situação se repetiu nesta sexta

Burocracia, impostos e a morte técnica (por Gustavo Krause)

– Vou morrer. Reuni a família e fiz este comunicado sem dramas ou lamúrias. Com surpresa e preocupação, veio a pergunta: – Pai, é doença incurável ou suicídio anunciado? Nem uma coisa, nem outra. Vou praticar a “morte técnica”. E explico. Estou saudável; nem quero sair da vida voluntariamente. A vida é, apenas, um intervalo