Procurador Geral de Justiça da Bahia diz que o MP entende a preocupação e que se posicionará sobre portaria da educação

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Durante a sua posse, que aconteceu na tarde desta sexta (01), o novo Procurador-Geral de Justiça do Estado da Bahia, Pedro Maia, falou com o Bahia Notícias sobre a publicação da portaria 190/2024 e uma possível aprovação em massa dos alunos no Estado. Segundo ele, este é um procedimento que está em curso no Ministério Público e que entende a preocupação de diversos segmentos, inclusive dos professores em relação à Portaria. 

 

“O MP está acompanhando, não tem ainda o posicionamento final sobre o tema, eu vou acompanhar o posicionamento técnico da área, mas antecipo que é uma situação que deve ser analisada com muito cuidado, quando se compreende que há a questão do mérito acadêmico para a progressão em relação ao ano letivo, por outro lado também há um sentido principalmente nas comunidades mais carentes que a principal causa da evasão escolar é a reprovação, então acredito que o problema tem um fundo maior que é melhorar realmente a qualidade de ensino, motivar o estudante, melhorar a escola pública e o MP especificamente em relação à portaria vai se posicionar tecnicamente na oportunidade em que a colega titular do procedimento se manifestar”, disse. 

Já o governador Jerônimo Rodrigues, nesta sexta (01), durante a assinatura da ordem de serviço para a reforma do Teatro Castro Alves (TCA),  voltou a falar sobre a publicação da polêmica Portaria nº 190/2024, reafirmando que não defende o modelo de aprovação em massa, mas o aproveitamento dos alunos que estão buscando as escolas por algum motivo. 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Oposição vai ao TCE-BA e aponta que Governo descumpre peça orçamentária e execução de emendas

Deputados estaduais da bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) foram recebidos, nesta segunda-feira (20), pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-BA), conselheiro Marcus Presídio, para uma reunião onde apontaram o descumprimento do Governo do Estado na execução de emendas impositivas.   "A gente foi levar os apontamentos e denunciar que

O rapper Hungria cancelou o show na Virada Cultural por motivos de saúde

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Nas redes sociais, o artista disse em nota publicada neste domingo que está fazendo um tratamento para pneumonia e, por isso, não poderia se apresentar. Hungria era a última atração do Palco Brasilândia, na zona norte de São Paulo. Quem assumiu o posto às 19h, horário previsto para o show

MP: pacientes ficam, em média, 6 dias a mais internados nas Upas do DF

Sem leitos de internação, pacientes ficam, em média, sete dias internados nas unidades de pronto-atendimento (UPAs) da capital do Brasil, segundo levantamento do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Em casos mais extremos, alguns doentes chegam a permanecer 30 dias nas enfermarias. Segundo preconiza o Ministério da Saúde, as UPAs deveriam acolher e