A misteriosa ilha na Europa que se chama ‘Brazil’

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Há muitas e muitas histórias sobre lugares míticos. Apesar de nunca terem sido encontrados, alguns desses lugares estão tão presentes na nossa imaginação que às vezes não temos certeza se eles realmente existem ou não. Claro, satélites e uma rápida olhada no Google Earth podem nos fornecer algumas pistas, mas lembre-se que nossos ancestrais não tinham acesso a essa tecnologia.

Apesar disso, a verdade é que alguns desses lugares não podem ser considerados como fictícios… Ou será que deveriam? De Ilha do Brazil (na Europa), passando por Atlântida ao Triângulo das Bermudas, confira nesta galeria e tire suas próprias conclusões!

Leia Também: As melhores praias para curtir o verão europeu em 2024

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Manifestantes tomam ruas de Paris para protestar contra os bombardeios de Israel em Rafah

Cerca de 10 mil pessoas protestaram em Paris, na França, nesta segunda-feira (27), para protestar contra os bombardeios israelenses em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, que segundo as autoridades locais deixaram pelo menos 45 mortos. Uma multidão se reuniu perto da embaixada israelense na capital francesa e entoou frases como “somos todos filhos de

Ataque a campo de refugiados de Gaza foi ‘incidente trágico’, diz Netanyahu

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que o ataque de Israel ao campo de refugiados de Rafah foi "incidente trágico". Ao menos 45 pessoas morreram. Premiê afirmou que ataque a Rafah será investigado. Ao Parlamento de Israel, Netanyahu afirmou que o país retirou "um milhão de moradores que não

Israel é criticado por comunidade internacional por ataque em Rafah, e EUA pedem precauções para proteger os civis

A Casa Branca disse estar impactada com o bombardeio israelense em Rafah, na Faixa de Gaza, que deixou ao menos 45 pessoas mortas, e pediu para que Israel tome precauções para proteger os civis. “Deixamos claro que Israel deve tomar todas as precauções possíveis para proteger os civis”, disse um porta-voz do Conselho de Segurança