Banco do Brasil lança funcionalidade para autodeclaração de PCD

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto


2148497254

O Banco do Brasil está implementando uma nova funcionalidade em seu aplicativo que permite que clientes realizem a autodeclaração de PCD (pessoa com deficiência). Com essa novidade, os clientes terão acesso a um atendimento especializado em todos os canais do banco. Eles poderão se autodeclarar como deficientes visuais, auditivos, físico-motores, intelectuais ou com transtorno do espectro autista. A partir dessa autodeclaração, receberão um atendimento específico de acordo com suas necessidades em todas as interações com o banco. Para os clientes com deficiência auditiva, por exemplo, ao retirarem a senha de atendimento em uma agência, serão direcionados automaticamente para o atendimento em Libras. Isso inclui o uso de fone de ouvido, webcam e um segundo monitor para facilitar a comunicação com o intérprete.

Publicada por Felipe Cerqueira

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Renda passiva: lei ‘esquecida’ de 1993 pode gerar pagamentos de até R$ 2 mil para brasileiros; veja

Já imaginou ter uma renda extra “pingando” na sua conta bancária todos os meses? E o melhor: sem precisar trabalhar nem um minuto a mais por isso.   Pois saiba que isso não é apenas possível, como também é a principal meta do “Projeto Renda” , desenvolvido pela Empiricus Research, maior casa de análise financeira

Reforma tributária propõe cashback de até 50% em contas de luz, água e gás

A proposta de regulamentação da reforma tributária traz um benefício inovador para as famílias de baixa renda: o “cashback” de até 50% dos tributos em contas de luz, água, esgoto e gás natural, e de até 100% na compra de gás de botijão. A medida visa garantir a devolução de parte dos tributos pagos por

Haddad entrega projeto de regulamentação da reforma tributária no Congresso Nacional

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, esteve no Congresso Nacional nesta quarta-feira (24) para entregar o primeiro projeto de lei que regulamenta a reforma tributária, aprovada no ano anterior e promulgada pelo Legislativo. A proposta visa simplificar o sistema tributário brasileiro, considerado um dos mais complexos do mundo. O PL, composto por cerca de 300