Brasil afirma que acompanha com ‘grave preocupação’ a situação no Oriente Médio

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto


585130af3969573dd6f4fe7c82b2c37caf38210c

Em nota e sem fazer nenhuma condenação, o governo brasileiro manifestou “grave preocupação” com os relatos de envio de drones e mísseis do Irã em direção a Israel, alertando para o impacto disso nos países vizinhos, como Jordânia e Síria. O Itamaraty, que tem se colocado na posição de mediador de conflitos ao redor do mundo, ressaltou na nota que tem alertado sobre “o potencial destrutivo do alastramento das hostilidades à Cisjordânia e para outros países, como Líbano, Síria, Iêmen e, agora, o Irã”. Além disso, a diplomacia brasileira recomendou que não sejam realizadas viagens não essenciais à região e que os nacionais que já estejam naqueles países sigam as orientações divulgadas nas embaixadas brasileiras e nos canais de comunicação oficiais, como site e redes sociais. “O Itamaraty vem monitorando a situação dos brasileiros na região, em particular em Israel, Palestina e Líbano desde outubro passado”, finaliza a nota.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Morre o Presidente do Irã Ebrahim Raisi em tragédia de avião

Nesta segunda-feira (20), vários meios de comunicação estatais iranianos anunciaram a morte do Presidente Ebrahim Raisi e do ministro dos Negócios Estrangeiros, Hossein Amir-Abdollahian, em uma queda de helicóptero no noroeste do Irã. Ainformação foi divulgada pela agência de notícias Mehr e pelo jornal governamental Iran Daily, mas ainda não existe uma confirmação oficial por

Japão em alerta: homem morre em ataque de urso e policiais ficam feridos

Um homem foi encontrado morto e dois polícias ficaram gravemente feridos após um ataque de urso, numa província a nordeste do Japão. A população foi avisada para se manter em alerta. Segundo a Sky News, que cita meios de comunicação japoneses, os polícias foram atacados no sábado (18), na cidade de Kazuno, na província de

Lai Ching-te, novo presidente de Taiwan, toma posse com ilha dividida

PEQUIM, CHINA (FOLHAPRESS) - As cenas de pancadaria no Parlamento de Taiwan correram mundo afora e fizeram o presidente eleito, Lai Ching-te, adiantar-se ao seu aguardado discurso de posse desta segunda-feira (20), publicando em mídia social um apelo aos partidos do próprio governo e da oposição. "Partilho as preocupações de todos sobre o Yuan e