TAGS

Carreta cai em ribanceira e motorista morre em acidente na BR-116

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Uma carreta capotou em uma ribanceira, nesta terça-feira (09), às margens da BR-116, no trecho de Santa Bárbara, no sisal baiano. O motorista, um homem de 66 anos, identificado como Eloisio Muniz de Souza, morreu no local. 

 

Segundo informações do Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias, através da Polícia Civil, o motorista que conduzia uma carreta carregada com peças de automóveis perdeu o controle do veículo e caiu em uma ribanceira. 

 

A vítima teria ficado presa às ferragens e morreu no local. O levantamento cadavérico foi realizado ainda na rodovia.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Embasa flagra furto de 170 mil litros de água em Arraial d’Ajuda

A Embasa, concessionária de saneamento básico do estado, flagrou, nesta terça-feira (28), cerca de 17 ligações clandestinas no bairro Alto do Vilas, em Arraial d'Ajuda, distrito de Porto Seguro. Segundo a empresa, aproximadamente 170 mil litros de água eram furtados mensalmente.   Ação ocorreu durante a realização de oito novas ligações de água na localidade.

Jerônimo se reúne com Lula e Camilo Santana para tratar de nova política de alfabetização

A apresentação dos resultados do Compromisso Nacional Criança Alfabetizada foi o tema principal da reunião entre o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, e o presidente Lula, no Palácio do Planalto, nesta terça-feira (28). O encontro - com a presença do ministro da Educação, Camilo Santana, do ministro da Casa Civil, Rui Costa, e de outros

Moraes rejeita recurso e mantém inelegibilidade de Bolsonaro e Braga Netto

  O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, rejeitou o recurso contra a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e de seu vice, Walter Braga Netto. Com a decisão de Moraes de sexta-feira (24) e publicada neste domingo (26), tanto Bolsonaro quanto Braga Netto continuam inelegíveis.    Eles foram condenados anteriormente