Entenda o que levou à escalada da tensão entre Israel e Irã

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O conflito no Oriente Médio ganhou um novo capítulo após o Irã lançar dezenas de drones em direção à Israel, no final da tarde desse sábado (13/4). Durante a noite, o sistema de defesa israelense interceptou os objetos disparados pelo rival.

Segundo o porta-voz das forças de defesa israelenses, contra-almirante Daniel Hagari, a ação causou “leves danos” à estrutura de uma base militar no sul do país. Além disso, um menino de 10 anos teria sido atingido por estilhaços.

Até o início da madrugada deste domingo (14/4) – horário de Brasília –, no entanto, o governo israelense não havia anunciado uma resposta.

Israel e Irã têm um histórico de conflitos, mas a tensão escalou desde a invasão do grupo palestino extremista Hamas, que resultou na morte de mais de 1.200 civis e militares israelenses, em 7 de outubro do ano passado. A guerra na Faixa de Gaza fez com que Israel intensificasse os ataques contra parceiros do Irã — que é aliado do Hamas — no Líbano e na Síria.

O estopim para a ofensiva de Teerã foi um bombardeio contra a embaixada iraniana em Damasco, na capital da Síria, que deixou mais de uma dezena mortos. Entre as vítimas, está um general da Guarda Revolucionária do Irã e um comandante das Forças Quds. O ataque foi atribuído a Israel, que nega envolvimento na ação.

Desde o bombardeio, em 1º de abril, Israel tem se preparado para uma ofensiva do lado iraniano. A mídia local informou que ao menos 28 embaixadas e consulados israelenses foram fechados diante do temor de uma retaliação.

Na sexta (12/4), o Wall Street Journal noticiou que o Irã se preparava para uma incursão terrestre ao país rival. De acordo com o jornal, um funcionário dos EUA envolvido no assunto afirmou que os relatórios da inteligência americana indicavam ataque retaliatório iraniano nos próximos dias, “possivelmente em solo israelense”.

O país do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu se disse “preparado para qualquer cenário”.

“Nos últimos anos, e especialmente nas últimas semanas, Israel tem se preparado para um ataque direto do Irã. Nossos sistemas defensivos estão instalados; estamos prontos para qualquer cenário, tanto defensivo quanto ofensivo”, disse.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Em Guanambi, homem com mandado de prisão em aberto é preso

Um homem acusado de receptação foi preso, nesta terça-feira (28), em Guanambi, pelo 17º Batalhão de Polícia Militar. O suspeito possuía um mandado de prisão em aberto. As informações são do site Achei Sudoeste, parceiro do Bahia Notícias.   A Polícia Militar recebeu informações de que um homem teria comprado objetos oriundos de um furto

Stalker: juiz prorroga medidas protetivas contra delegado da PCDF

O Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Águas Claras prorrogou, por mais três meses, as medidas protetivas fixadas contra o ex-delegado-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Robson Cândido. A decisão é da última terça-feira (28/5). Robson Cândido é acusado de usar a estrutura da PCDF, quando era chefe da

Gabriela Prioli fará palestra magna de abertura da II Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana

A conferência magna da noite de abertura da II Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana será feita pela mestre em Direito Penal pela USP, a advogada Gabriela Prioli. O evento será no dia 5 de junho, a partir das 18h30, no Centro de Convenções de Salvador.    Com milhares de seguidores nas redes sociais, a