Filho de Lula é acusado de agressões físicas e psicológicas contra companheira

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Luís Claudio Lula da Silva, de 39 anos, filho caçula do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), é acusado de agressões frequentes pela médica com quem se relacionou por cerca de dois anos, até os supostos episódios de violência doméstica terem se intensificado.

A vítima registrou um boletim de ocorrência contra Luís Cláudio no início da tarde desta terça-feira (2), na Delegacia da Mulher em São Paulo. Na sequência, ela prestou depoimento por videoconferência na qual foi confirmada a identidade dela.

No B.O., obtido com exclusividade pelo Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, a mulher, de 29 anos, afirma que “as agressões são de natureza física, verbal, psicológica e moral”. Ela relata que levou “uma cotovelada na barriga” do filho de Lula “em uma das brigas no final de janeiro deste ano”, quando ele teria se recusado a entregar o celular dela.

Segundo ela, os casos de violência “têm se intensificado ao longo do tempo”, colocando em risco sua integridade física e mental. Ao Metrópoles, ela confirmou as acusações contra Luís Cláudio apresentadas no boletim de ocorrência.

À polícia, ela contou que já foi afastada do trabalho por um mês, “devido ao trauma causado pelas agressões”, e “hospitalizada com crises de ansiedade”. Disse também que recebe ameaças e ofensas constantes de Luís Claudio, sendo chamada de “doente mental”, “vagabunda” e “louca”.

No registro do boletim de ocorrência, ela diz que o filho caçula de Lula “manteve relações sexuais com outras mulheres de forma desprotegida” e que ele “chegava em casa bêbado” e tentava entrar em seu quarto mesmo ela pedindo para que ficasse distante.

A vítima afirma ainda que tem sido “manipulada” e “ameaçada” para não denunciar as agressões, sob a alegação de que o agressor é filho do presidente e que “possui influência para se safar das acusações”. O Metrópoles tenta contato com Luís Cláudio. O espaço segue aberto para manifestação.

FILHO CAÇULA

Luís Cláudio é diretor de futebol do time amazonense Parintins Futebol Clube. Neste ano, o clube foi autorizado pelo Ministério do Esporte a captar R$ 1,5 milhão para viabilizar um projeto de escolinha para crianças e adolescentes.

Em fevereiro, Luís Cláudio reclamou publicamente da retirada do nome da mãe, a ex-primeira-dama Marisa Letícia — morta em 2017 — de uma postagem do pai nas redes sociais sobre o aniversário de 44 anos do PT. Após a reclamação, a postagem de Lula foi editada e o nome de Marisa, inserido.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Show de pagode em BH acaba com homem morto e sete pessoas baleadas

Um show de pagode na Academia Cultural Comunitária, em Ibirité, Belo Horizonte (MG), terminou com um homem de 27 anos morto e outras sete pessoas baleadas. Um suspeito teria entrado no local e disparado uma série de tiros. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, divulgado pelo portal G1, a vítima foi

STJ elege nova presidência para biênio 2024-2026 na próxima terça-feira

Na próxima terça-feira (23), o Pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ) vai realizar a eleição para escolha dos ministros que irão ocupar os cargos de presidente e vice-presidente da Corte no biênio 2024-2026. A sessão está marcada para às 10h. Os eleitos assumirão os lugares da ministra Maria Thereza de Assis Moura e do

Vídeo: pitbull ataca e mata shih-tzu que andava com tutora no litoral

São Paulo – Câmeras de segurança flagraram o ataque de um pitbull a um cão da raça shih-tzu que estava passeando com a tutora na cidade de Mongaguá, no litoral sul de São Paulo. O animal teria escapado de casa e seguido o dono até uma padaria, segundo o portal G1. Os cães estavam em