Governo Lula vai gastar R$ 769 mil em novo heliponto para Planalto e prevê receber carro voador

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

RENATO MACHADO
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O governo Lula (PT) abriu uma licitação para a construção de um novo heliponto para o Palácio do Planalto, com uma estrutura que vai estar apta para receber não apenas helicópteros, mas também os chamados carros voadores e outras tendências de veículos aéreos.

O Palácio do Planalto vai gastar R$ 769 mil com o novo heliponto, que vai substituir a estrutura já existente, nos fundos do complexo.
O aviso de abertura da licitação foi publicado nesta terça-feira (9) no Diário Oficial da União. Após a conclusão do processo e a contratação da empresa, as obras deverão ser concluídas em 180 dias.

O Palácio do Planalto já conta com um heliponto, que fica localizado nos fundos do complexo, perto da via chamada N2. Essa estrutura vai ser readequada, segundo a justificativa do governo, para receber veículos maiores e mais modernos, incluindo os chamados carros voadores, que já começaram a ser fabricados em algumas partes do mundo.

A nova demanda foi descrita em um despacho do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), que integra o estudo preliminar para a construção da nova estrutura.

“Sobre o assunto, participo que com a finalidade de adequar o heliponto não somente aos modelos de helicópteros disponíveis atualmente mas também aos futuros vetores que poderão ser utilizados para o transporte do senhor presidente da República seria necessário redefinir a capacidade anteriormente proposta para o referido local de pouso”, afirma o despacho, assinado pelo coronel aviador Sandro Bernardon, coordenador-geral de Transporte Aéreo do GSI.

O texto ainda diz que a nova estrutura deverá suportar vetores de até 5 toneladas e com comprimento total de 15 metros, distância que vai da pá do rotor principal até a última estrutura do rotor da cauda.

O projeto prevê a construção de uma via de acesso de veículos, para interligar a área do heliponto até o acesso do palácio. Esse acesso será pavimentado com piso intertravado e, para isso, será removido o calçamento atual e uma parte em grama.

A área em concreto do novo heliponto vai ocupar um espaço de 412 metros quadrados. Ainda serão colocadas 15 unidades de luminárias de balizamento noturno.

Lula costuma se deslocar em helicópteros quando sai em viagem oficial pelo país ou ao exterior. Atualmente, essas aeronaves costumam pegá-lo no Palácio da Alvorada, a residência oficial da Presidência, e levá-lo até a Base Aérea de Brasília. A distância entre os dois locais é de cerca de 20 km.

Leia Também: Chefia da Petrobras é um cargo de Lula, afirma Silveira

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

CBF mantém convocação de Paquetá mesmo com denúncias da Federação Inglesa

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu, nesta quinta-feira (30), pela manutenção da convocação para a seleção brasileira de Lucas Paquetá, apesar do jogador ter sido acusado de quatro violações das regras de apostas do Campeonato Inglês. Em comunicado do presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, informou que após contato por e-mail com a Associação de

Seleção brasileira feminina de vôlei vence Holanda na Liga das Nações

A seleção brasileira feminina de vôlei derrotou a Holanda, por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 20/25, 25/20 e 25/18, nesta quinta-feira (30), em Macau, na China. Foi a sexta vitória consecutiva na Liga das Nações. O Brasil está invicto na competição, depois de quatro vitórias na primeira no Rio de Janeiro, com

Lula admite não ter base contra pauta de costumes e fará reunião semanal com líderes após derrotas

(FOLHAPRESS) - As derrotas sofridas pelo presidente Lula (PT) na sessão do Congresso Nacional nesta semana ampliaram o diagnóstico do petista e de sua equipe de que o governo não tem base para conseguir vitórias na chamada pauta de costumes defendida pelo bolsonarismo. A avaliação foi feita pelo próprio chefe do Executivo em reunião nesta